Conecte-se conosco

Agenda

Goiânia terá o primeiro festival dedicado exclusivamente ao hambúrguer. Confira as datas

Publicado

em

De 23 de agosto a 15 de setembro, Goiânia vai sediar o Festival Burger Time!, o primeiro da capital a se dedicar exclusivamente ao hambúrguer. Um dos maiores ícones da cultura ocidental, a deliciosa iguaria de origem alemã, mas popularizada pelos norte-americanos, será a estrela do cardápio de 40 estabelecimentos goianienses, entre pitdogs, bares, hamburguerias e restaurantes.

Esses estabelecimentos deverão, obrigatoriamente, criar uma receita inédita de hambúrguer, que será avaliada por um júri técnico composto por chefs, críticos gastronômicos e fãs da iguaria que, ao final, vão eleger o melhor hambúrguer da cidade. Outro júri, este júri popular, também poderá votar no seu hambúrguer preferido, mas via hotsite.

Os jurados vão avaliar não apenas o hambúrguer, mas também quesitos como sabor, molho, apresentação, acompanhamento, atendimento e tempo de espera entre o pedido e a chegada do prato à mesa. O Festival Hamburger Time! Foi idealizado pelas produtoras de eventos Marcela Cunha e Cynnara Bretas, pela chef Patricia Garcia e pelo empresário e gastrônomo Mateus Suassuna. O lançamento do Festival será no próximo dia 19 de agosto, para a imprensa e influenciadores digitais.

“O objetivo do Burger Time! É fomentar e apoiar os estabelecimentos que vendem hambúrguer por meio da divulgação e da promoção desses locais”, explica Marcela Cunha. Para ela, o evento se justifica especialmente quando se analisam os números referentes ao crescimento desses estabelecimentos no Brasil.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2017 as franquias relativas a hamburguerias movimentaram R$ 700 milhões no Brasil, e só em São Paulo o crescimento desse mercado foi de 575% em uma década, aponta o Instituto Gastronomia. Ainda em relação ao mercado de hambúrgueres, dados da Euromonitor/Passport Consumer Foodservice dão conta de que no Brasil, a evolução do mercado de burger saltou de R$ 6 bilhões em 2011 para R$ 11 bilhões em 2016, e que o gasto per capita em hambúrgueres no País saltou de R$ 29 em 2011 para R$ 53 em 2016.

Hoje, as hamburguerias deixaram de ser vistas como lanchonetes de fast food que vendem sanduíches supérfluos. Atualmente, esses estabelecimentos oferecem verdadeiras refeições, comida de verdade que tem por trás de si, inclusive, profissionais como nutricionistas, que se ocupam de garantir o valor nutricional e a saudabilidade dos pratos. Isso prova que o hambúrguer é uma paixão mundial, que pode ser consumido no café da manhã nos lanches, durante as refeições e até de madrugada, naquele momento pós-balada.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agenda

Felipe Nunes comemora aniversário no Vilão no próximo dia 19

Publicado

em

Por

Birthday

O cantor Felipe Nunes, do hit De Bebê a Zé Ninguém comemora seu aniversário em grande estilo na próxima terça-feira, dia 19 de novembro.

O local escolhido foi o Vilão Premium, no Setor Marista, onde, além de Felipe Nunes, vão se apresentar amigos e convidados, como William & Marlon, Banda Nechiville, MC Jeninho, DJ Pedro Moura, DJ Heydoc!, Juan Marcos & Vinicius, Rayane & Rafaela e Day & Lara. Nesta noite, a casa vai estar aberta ao público comum, que poderá participar da festa mediante pagamento de ingressos a preços normais.

Continue Lendo

Agenda

Fortes Medicina se destaca em Goiânia com ampliação do leque de serviços e exames médicos

Publicado

em

Por

Com destaque no oferecimentos de exames médicos e laboratoriais, cárdio, eletro e audiometria, além de outros como liberação para prática de exercícios físicos, exigidos por academias, a Fortes Medicina ganhou visibilidade em Goiânia e está localizada no Parque Amazônia

A Fortes Conceituada empresa especializada em Segurança e Saúde Ocupacional, a Fortes prioriza a inovação em melhorias no bem-estar corporativo desde seu surgimento, em 2016, aliando sofisticada infraestrutura, tecnologia de ponta e os mais modernos equipamentos para exames diagnósticos a competitivos custos.

Contando com um conceituado corpo clínico, com uma equipe técnica de profissionais experientes, altamente qualificados, e com vasta gama de recursos tecnológicos, proporcionamos atendimento de primeira linha, 100% informatizado, respeitando os mais rígidos padrões de qualidade, além de oferecer suporte global contínuo, incluindo a nossa permanente consultoria no que concerne à Legislação Brasileira.

Com um sistema gerencial e totalmente informatizado, a Forte atende contínua e integralmente às necessidades legais de Segurança e Saúde Ocupacional em todo e qualquer ambiente laboral, seguindo cada uma das Normas Regulamentadoras (NR 1 à NR 36) e estando sempre atualizada em relação às constantes implementações legislativas.

Além disto, possibilita um incremento considerável na agilidade de todos os serviços prestados, destacando-se a brevidade no fornecimento de laudos técnicos e relatórios administrativos e, em especial, a maior eficiência na realização dos exames médicos ocupacionais, dos exames complementares e na liberação do Atestado de Saúde Ocupacional (ASO).

A Forte, além dos tradicionais programas de controle em Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional – como o PCMSO e o PPRA, obrigatórios para qualquer empresa, a partir do primeiro funcionário –, relatórios técnicos e treinamentos diversos, desenvolve também projetos exclusivos, personalizados de acordo com os requisitos de cada cliente e elaborados a partir de análises conjuntas com o Departamento Pessoal e/ou de Recursos Humanos, visando sempre a informação e a melhoria da qualidade de vida do trabalhador e, consequentemente, a sua maior produtividade.

NORMAS REGULAMENTADORAS – SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO As Normas Regulamentadoras – NR, relativas à segurança e medicina do trabalho, são de observância obrigatória pelas empresas privadas e públicas e pelos órgãos públicos da administração direta e indireta, bem como pelos órgãos dos Poderes Legislativo e Judiciário, que possuam empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho – CLT. O não cumprimento das disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho acarretará ao empregador a aplicação das penalidades previstas na legislação pertinente.

Constitui ato faltoso a recusa injustificada do empregado ao cumprimento de suas obrigações com a segurança do trabalho. As Normas Regulamentadoras vigentes estão listadas adiante:

Acesse o site e marque a sua consulta ou exame

Ou Fale com a Gleice, Diretora Administrativa,

39882035

http://fortes.med.br/

Continue Lendo