Conecte-se conosco

Agenda

AGENDA | Betty e Brenda Agi da Compaixão Internacional veem à Goiânia para evento com imprensa goiana. Saiba mais

Publicado

em

ONG goiana atua em vários países e atende milhares de pessoas

O GOYAZ estará divulgando data, prevista para final deste mês de Janeiro. Conheça mais e participe.

RELEASE INSTITUCIONAL COMPAIXÃO INTERNATIONAL

Fundada em 2012 na cidade de Anápolis, no Estado de Goiás, pelas irmãs e biomédicas Betty e Brenda Agi, a ONG Compaixão Internacional foi criada com a missão de trazer dignidade humana para as comunidades mais carentes do Brasil e do mundo através da melhoria na qualidade de vida, promoção de projetos na área da educação, saúde, empreendedorismo, empoderamento econômico, igualdade social, racial e combate à pobreza.

Alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, a ONG alcança atualmente 17 países, entre eles Angola, Chile, Moçambique, Paraguai e Senegal, também dez das comunidades mais carentes do Brasil, como comunidades indígenas e a cracolândia de São Paulo.

Por meio da transformação e excelência a organização possui quatro núcleos de ação e seis projetos: o Doe Chinelos, uma mobilização internacional para doação de pares de chinelos novos para crianças e adultos abaixo da linha da pobreza com mais de 50 mil pares doados até janeiro do ano de 2020; o Campo, um centro de assistência médica, preventiva e odontológica que oferece tratamentos, cuidados e educação em saúde por meio de uma equipe multidisciplinar de estudantes e profissionais.

O Projeto Compaixão no Rio de Janeiro, uma equipe localizada em Nova Iguaçu para prestar assistência a comunidades e organizações locais, garantindo direitos básicos através de doações, palestras, atendimentos e treinamentos; o Compaixão no Sertão, uma ação de impacto anual em pontos estratégicos do sertão brasileiro apoiando iniciativas locais, prestando assistência na área da saúde, doações de chinelos, cestas básicas e treinamentos a população das comunidades;

O Projeto Kiluba, um escola de corte, costura e artesanato em Anápolis e em Luanda, na Angola, com aulas gratuitas para mulheres em estado de vulnerabilidade social, além de quatro modalidades de cursos, as mulheres também contam com aulas de gestão e finanças e kits para iniciarem seus próprios negócios; e o Projeto O Sol é Para Todos, iniciado em 2014, trabalhando com a promoção dos direitos de pessoas albinas no Brasil e no continente africano, por meio da conscientização, doações de óculos e protetores solares, consultas oftalmológicas e dermatológicas gratuitas, produção de material gráfico e audiovisual para Guia para pais e Professores de crianças com albinismo e produção e doação de bonecas albinas para crianças.

Com mais de dez anos de dedicação às causas sociais, as irmãs Brenda e Betty palestraram em grandes eventos como o TEDx Talks, por dois anos consecutivos, e foram reconhecidas como duas dos 100 afrodescendentes mais influentes do mundo em listagem reconhecida pela ONU. Além da profissão de biomédica, elas atuam como gerentes de projetos, designers, palestrantes e consultores na ONG. O trabalho da organização gerou mais de 600 alunas no Projeto Kituba, mil atendimentos médicos e odontológicos, mais de dois mil voluntários e reconhecimento na mídia e no mundo.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agenda

Ministério da Saúde libera uso de vacinas da Janssen congeladas

Publicado

em

Por

O Ministério da Saúde liberou o uso de vacinas da Janssen armazenadas de forma imprópria

Mais de 40 mil doses do imunizante contra a Covid-19 chegaram ao Distrito Federal no sábado (3)

As vacinas estavam “congeladas, abaixo da temperatura adequada”

O Ministério da Saúde liberou o uso das doses da vacina da Janssen que chegaram congeladas ao Distrito Federal. Segundo a pasta, os imunizantes contra o coronavírus podem ser aplicados na população de forma segura.

A quantidade representa 2,6% do total das 109,8 mil doses de vacinas da Janssen, Pfizer e AstraZeneca entregues entre sexta-feira (2) e sábado (3) ao Distrito Federal. O carregamento passou por vistoria e foi aprovado pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS), após a constatação de que a temperatura não influenciou a qualidade da vacina”, informou o Ministério da Saúde no Twitter.

De acordo com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal publicadas pelo portal G1, as 40,1 mil doses do imunizante que haviam chegado a Brasília estavam congeladas e, no momento, “indisponíveis para uso”.

Durante a conferência das doses na Rede de Frio Central, que armazena e distribui imunizantes em Brasília, foi observado que as vacinas “estavam congeladas, abaixo da temperatura adequada”, que é de 2°C.

Segundo a empresa de aviação Latam, as doses chegaram a Brasília às 8h41 deste sábado. Elas vieram do Aeroporto Internacional de Cumbica, localizado em Guarulhos (SP).

O Distrito Federal atingiu a marca de 1.005.782 pessoas vacinadas contra a Covid-19, o equivalente a 32,46% da população.

Na sexta-feira, foram aplicadas 17.019 doses, sendo 13.942 de primeira dose, 2.960 de segunda dose e 117 dose única, com a vacina da Janssen.

Ao todo, 344.171 pessoas tomaram as duas doses da vacina contra Covid-19 na capital e 15.881 se imunizaram com a dose única.

Continue Lendo

Agenda

HOJE | Vênus e Júpiter podem ser vistos próximos em fenômeno raro

Publicado

em

Por

Vênus e Júpiter estarão mais próximos para quem observa da terra nesta quinta-feira, 11 num fenômeno raro conhecido como conjunção.

A conjunção é um fenômeno visual, segundo o professor e astrônomo amador, Maico Zorzan, membro do Clube de Astronomia Edmond Halley (Caeh).

“Quer dizer que, do ponto de vista do observador, que está na Terra, os astros parecerão estar mais próximos, mas na verdade não estão.

O que existe é um alinhamento, ou seja, estão na mesma direção, mas cada um está na sua órbita”, destacou em entrevista ao GMC Online.

O fenômeno raro se estende até a manhã de sexta-feira, 12 e graças à lua nova será visto com maior nitidez.

As conjunções poderão ser vistas no período da noite, mas o melhor horário para observar é de madrugada, próximo ao amanhecer.

Como identificar essa conjunção rara?

De acordo com o Farmer’s Almanac , o período de observação ideal é cerca de 30 minutos antes do nascer do sol em direção ao sudeste.

Nesse ponto, os planetas deveriam ter subido o suficiente acima do horizonte para serem vistos.

O sol ainda não começou a iluminar o céu, e você pode avistar Júpiter e Saturno brilhando muito próximos – apenas 0,4 graus de diferença.

Conjunções em fevereiro

No total, são 10 conjunções de planetas em fevereiro.

Vênus e saturno foram vistos próximo no último dia 06 de fevereiro, Mercúrio e a Lua, no dia 08 e a Lua com Vênus, Júpiter e Saturno nesta semana.

Veja o calendário as próximas conjunções:

13/02/2021 – Conjunção entre a Lua e Netuno/Vênus e Mercúrio;

15/02/2021 – Conjunção entre Júpiter e Mercúrio;

17/02/2021 – Conjunção entre a Lua e Urano;

18/02/2021 – Conjunção entre a Lua e Marte;

22/02/2021 – Conjunção entre a Lua e Mebsuta, estrela da constelação de Gêmeos;

23/02/2021 – Conjunção entre Saturno e Mercúrio.

Continue Lendo