Conecte-se conosco

Esportes

Alan Mineiro tira Vila Nova do Z-4 com gol da vitória contra Ponte Preta em Campinas

Publicado

em

Em Campinas, Vila Nova supera Ponte Preta com pênalti polêmico

Alan Mineiro, aos 16 minutos do segundo tempo, fez o único gol da partida

Após uma vitória e um empate, a Ponte Preta manteve o ritmo oscilante na Série B do Campeonato Brasileiro e conheceu a primeira derrota sob o comando do técnico Gilson Kleina. Em pleno estádio Moisés Lucarelli, o time campineiro perdeu por 1 a 0 para o Vila Nova, em jogo válido pela 22.ª rodada, na noite desta quinta-feira. Alan Mineiro fez o único gol da partida, cobrando pênalti polêmico no segundo tempo.
O resultado mantém a Ponte distante do G4, agora em nono lugar, com 31 pontos, sob o risco de ver a distância aumentar ainda mais. Já o time goiano ganha três posições e consegue sair da zona de rebaixamento, ao menos provisoriamente, em 15.º lugar, com 24 pontos.

Essa foi a primeira vez que o Vila venceu uma partida dentro do Moisés Lucarelli. O tabu foi quebrado justamente no dia em que a equipe da casa jogava com o terceiro uniforme em comemoração pelos 71 anos de fundação do estádio, chamado carinhosamente de Majestoso.

Os primeiros minutos do jogo foram de domínio da Ponte Preta, que insistiu em jogadas pela esquerda, por onde conseguiu criar boas chances em investidas de Diego Renan. Em pouco menos de 15 minutos, dois bons cruzamentos do lateral levaram perigo à área adversária, mas Roger e Everton não acertaram na hora da conclusão e mandaram para fora.

Se a pontaria pontepretana não estava boa, o Vila Nova deu trabalho para Ivan logo na primeira finalização, apesar de ter demorado um pouco para criá-la. O goleiro fez grande defesa após chute de fora da área de Gastón, aos 15 minutos, e repetiu a dose após Alan Mineiro pegar o rebote. A bola ainda voltou para Alan tentar de novo e isolar a bola.

Depois disso, a Ponte não voltou a sofrer sustos, ao mesmo tempo em que teve dificuldades em achar espaços no ataque. Oportunidades foram criadas esporadicamente, em chutes de fora da área e cruzamentos, porém os mesmos não foram suficientes para que o goleiro Rafael Santos precisasse trabalhar.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Renda no Maracanã será uma das maiores receitas da história do Flamengo: 7 a 8 milhões de reais

Publicado

em

Por

O Flamengo terá uma das maiores rendas de bilheteria da sua história na semifinal da Libertadores diante do Grêmio. A estimativa é de que o número, ainda em apuração, fique entre R$ 7 milhões e R$ 8 milhões. Os ingressos já estão todos vendidos.

A maior bilheteria rubro-negra foi obtida na final da Copa do Brasil contra o Athletico-PR, em 2013. Naquela ocasião, o ticket médio foi mais alto porque o sócio-torcedor do clube não estava tão expandido e a diretoria tinha como política vender ingressos mais caros. Isso gerou uma renda de R$ 9,7 milhões (corrigido pela inflação o valor atinge R$ 13,4 milhões).

A segunda maior bilheteria foi na final da Copa do Brasil diante do Cruzeiro com R$ 7,039 milhões. Com a correção da inflação, o valor ficou em R$ 7,9 milhões. A final da Sul-Americana gerou R$ 6,7 milhões de renda (com a inflação fica em torno de R$ 7,6 milhões).

É nesse patamar que está prevista a renda da semifinal da Libertadores. O Flamengo, no entanto, terá gastos consideráveis com segurança para evitar a repetição da invasão vista na final da Sul-Americana contra o Independiente. Haverá uma operação com mais de 800 policiais e um perímetro de segurança para evitar a aproximação de quem não tem ingresso.

Ainda assim, o clube deve ficar com mais de 50% da renda bruta do jogo. Assim, é provável que o clube leve um valor superior a R$ 4 milhões.

Continue Lendo

Esportes

Goiás entra em campo neste domingo com transmissão pela TV. Confira detalhes e provável escalação

Publicado

em

Por

O Goiás visita a Chapecoense neste domingo (20), pela 27ª rodada, tentando manter a boa campanha no segundo turno do Brasileirão. A partida será transmitida pelo SporTV

Chapecoense e Goiás medem forças neste domingo (20), às 19h (de Brasília), na Arena Condá, em partida válida pela 27ª rodada do Brasileirão. O time da casa amarga a lanterna do campeonato com 16 pontos, 12 a menos que o Cruzeiro primeiro fora da zona de rebaixamento, enquanto o clube esmeraldino está em décimo com 37.

Vivendo uma situação extremamente delicada na competição nacional, a Chape precisa voltar a vencer para iniciar uma campanha de recuperação que se torna cada vez mais difícil a medida em que as rodadas avançam. O time comandado por Marquinhos Santos não vence há 11 jogos e sofreu uma grande frustração ao ser derrotado pelo Palmeiras com um gol aos 54 da segunda etapa na última rodada.

Já o Goiás passa por bom momento no segundo turno, com apenas uma derrota em sete jogos. Na partida anterior, o alviverde vencia o Corinthians de virada até os acréscimos da segunda etapa, quando sofreu o empate após um polêmico pênalti.

Provável escalação do Goiás

O técnico Ney Franco terá quatro desfalques para encarar a Chapecoense neste domingo (20). Rafael Moura e Michael, expulsos contra o Timão, Leandro Barcia, suspenso por acúmulo de cartões amarelos e Gilberto, machucado, são as ausências para o duelo.

Com tantos titulares fora e várias dúvidas, o Goiás deve entrar em campo com a seguinte escalação: Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Geovane (Breno), Yago Felipe, Léo Sena e Thalles; Rafael Papagaio e Rafinha (Kaio).

Continue Lendo