Conecte-se conosco

Estado

Balança comercial goiana fecha mês de maio com superávit de US$ 599,57 milhões

Publicado

em

Commodities lideram resultado positivo. No acumulado de 2021, exportações registram US$ 3,807 bilhões, crescimento de 15,84%. Importações alcançam US$ 2,026 bilhões, salto de 50,51% quando comparado com mesmo período do ano passado

A balança comercial goiana apresentou em maio superávit de US$ 599,57 milhões. O indicador foi resultado de US$ 934,69 milhões em exportações contra US$ 335,11 milhões em importações. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Economia.

De janeiro a maio, o montante das vendas internacionais soma US$ 3,807 bilhões e as compras do mesmo porte US$ 2,026 bilhões, o que garante um aumento de 15,84% nas exportações e 50,51% nas importações, comparado com o mesmo período do ano passado.

Do total da balança comercial brasileira do acumulado do ano, Goiás cooperou com 3,50% das exportações e com 2,49% das importações, colocando o Estado em oitavo lugar nacional no ranking de vendas internacionais e 11º no de compras.

O governador Ronaldo Caiado destaca o incentivo à instalação de empresas e a segurança jurídica que os empreendedores encontram para investir em Goiás. “Nós temos um Estado transparente, onde o empresário sabe que é tratado com todo o respeito. Só temos uma posição: defender quem queira investir aqui”, pontuou.

As commodities foram os destaques para alavancar a balança comercial goiana no acumulado do ano e do mês, que tiveram como principais municípios fornecedores Rio Verde, Jataí e Luziânia. China e Espanha foram os países que mais receberam produtos fabricados em Goiás.

A balança comercial de Goiás é mais um indicador que mostra a reação da economia do Estado, conforme explicou o secretário José Vitti, titular da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (SIC). Segundo ele, praticamente todos os indicadores do Estado apontam para um processo de retomada, especialmente com a geração de empregos. Vitti destaca que a logística de transporte no Estado favorece na pauta de exportações, “além de sermos uma unidade da Federação com forte produção agropecuária e de minerais”.

Commodities
Ainda de acordo com os dados do Ministério da Economia, a maior variação das exportações foi do óleo de soja que apresentou alta de 146,01%, saltando de US$ 38,192 milhões em vendas de janeiro a maio do ano passado para US$ 93,958 milhões nos primeiros cinco meses de 2021. Já no mês, o produto apresentou alta de 264,57%, comparado com maio de 2020.

Outra commodity do ramo agrícola que apresentou alta de exportações, no acumulado do ano, foi o açúcar, com aumento de 9,5%. Em contrapartida, o complexo do milho teve queda de 11,84%, puxado pelo óleo de milho que não contou com exportações de janeiro a maio.

As vendas de carnes também cooperaram para a alta da balança comercial goiana no acumulado do ano e no mês. A exportação de carne suína saltou de US$ 4,557 milhões no ano passado para US$ 8,079 milhões este ano, o que corresponde a uma alta de 77,29%. No mês, a alta também é expressiva ao comparar com maio do ano passado, 43,57%. Já as carnes bovina e de aves também apresentaram alta de janeiro a maio, 9,16% e 7,92%, respectivamente. Com isso, o setor tem alta de 9,38% nas exportações no acumulado do ano.

As commodities do ramo mineral tiveram como protagonistas o ouro, que apresentou alta de 57,38% motivado pelo aumento de vendas em US$ 58,205 milhões de janeiro a maio; e o sulfeto de cobre, com alta de 25,65%. No mês, o ouro apresentou alta de 61,24% e o sulfeto de cobre, 159,31%, com salto das vendas de US$ 19,425 milhões em maio 2020 para US$ 50,371 milhões no mês passado.

Já as importações foram alavancadas no acumulado do ano pelos combustíveis minerais, óleos minerais e produto da sua destilação (+ 2.524,35%); gorduras e óleos animais e vegetais (+226,59%) e borracha e suas obras (+105,07%).

Apesar da predominância desses setores no acumulado do ano, em maio os setores que alavancaram as compras internacionais foram o de sal, enxofre, terras e pedras, gesso, cal e cimento, com alta de 236,69%, seguido de móveis, mobiliário médico-cirúrgico, colchões, almofadas e semelhantes (+221,74%) e do setor de produtos diversos das indústrias químicas (+212,98%), comparado com maio de 2020.

Fotos: Cristiano Borges e SIC

Legendas

Foto 1:
Óleo de soja apresentou alta de 146% nas exportações, saltando de US$ 38,1 milhões em vendas de janeiro a maio do ano passado, para US$ 93,9 milhões nos primeiros cinco meses de 2021

Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (SIC) – Governo de Goiás

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

AGENDA OFICIAL | Caiado realiza Encontro de Prestação de Contas da Educação com prefeitos do Nordeste goiano

Publicado

em

Por

Reunião acontece, nesta segunda-feira (21/06), na sede da Secretaria de Estado da Educação, em Goiânia, e contará com presença de representantes de 17 municípios. Participação do governador no evento será às 11h30

O governador Ronaldo Caiado participa, nesta segunda-feira (21/6), às 11h30, do Encontro de Prestação de Contas da Educação e de Suporte Técnico às Secretarias Municipais de Educação no Simec/PAR. O evento ocorrerá em formato presencial, na sede centralizada da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em Goiânia.

A reunião visa apresentar os dados relacionados às ações do Estado na área da Educação e os resultados observados nas escolas estaduais, localizadas nos municípios da região nordeste de Goiás.

Na oportunidade, prefeitos, secretários municipais de educação e presidentes da Câmara de Vereadores de 17 cidades goianas terão acesso às informações e poderão conhecer detalhadamente as ações do Estado nessa área.

Além da análise dos dados, a reunião permitirá que as lideranças municipais tirem dúvidas sobre o Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação (Simec/PAR), disponibilizado pelo governo federal e que subsidia as ações e planejamentos do Plano de Ações Articuladas (PAR).

Serviço:
Assunto: Governador Ronaldo Caiado realiza Encontro de Prestação de Contas da Educação com prefeitos do Nordeste goiano
Quando: Segunda-feira (21/06), às 11h30
Onde: Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc), Quinta Avenida, Quadra 71, 212, Setor Leste Vila Nova, Goiânia (GO)

Continue Lendo

Estado

Governo de Goiás recebe mais 235 mil vacinas contra Covid-19

Publicado

em

Por

O Governo de Goiás recebeu, neste domingo (20/06), mais 235 mil vacinas contra a Covid-19 da AstraZeneca, produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A nova remessa deverá ser usada como segunda dose em todos os 246 municípios goianos. Após o desembarque no Aeroporto Internacional Santa Genoveva, em Goiânia, os imunizantes foram encaminhados para a Central Estadual de Rede de Frio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO).

Assim que passarem pelo processo de conferência, realizado na Central, as vacinas serão encaminhadas, conforme intervalo recomendado entre a primeira e segunda aplicação, para que os municípios goianos prossigam com as ações do Programa Nacional de Imunizações (PNI) contra a Covid-19 e imunize os grupos contemplados na campanha.

Às pessoas que já tomaram a primeira dose, o governador fez um alerta. “Tenham a responsabilidade de tomar a segunda dose. A primeira não é suficiente para imunizar. Não tomar a segunda dose é desperdiçar a vacina”, afirmou.

“Com essa remessa destinada para aplicação da segunda dose vamos avançar para completar o esquema vacinal de muitos goianos. Por isso a população deve ficar atenta e voltar aos postos para receber o reforço dentro da data preconizada e informada no cartão de vacinação”, pontuou o secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino.

A idade de vacinação varia conforme cada município e o número da população. Neste momento, as cidades imunizam moradores entre 28 e 50 anos.

Avanços na imunização

Nesta semana, o governador Ronaldo Caiado declarou que até setembro de 2021 a vacinação poderá atingir todos os cidadãos que possuem mais de 18 anos. “Acreditamos que vamos conseguir rapidamente avançar na faixa etária e podermos chegar ao mês de setembro com toda a faixa etária até 18 anos 100% vacinada”, afirmou.

Além disso, o Estado de Goiás está em fase de aquisição de 142 mil doses da Sputnik V, produzidas pela Rússia. “Goiás deu um passo à frente. É uma vitória que divido com toda minha equipe da Secretaria da Saúde, após articulações que vinham de longa data”, disse Caiado.

Balanço

Com esse novo carregamento, Goiás atinge a marca de 3.638.830 doses já recebidas desde o início da campanha, em janeiro deste ano. Até às 15h de sábado (19/06), foi registrada a aplicação de 1.965.638 doses das vacinas contra a Covid-19 em todo o Estado. Em relação à segunda dose, foram vacinadas 685.713 pessoas. Esses dados são preliminares e coletados no site Localiza SUS do Ministério da Saúde (MS). Essa atualização dos dados nos sistemas oficiais é realizada pelos municípios, que são os responsáveis pela aplicação das vacinas em seus territórios.

Fonte: Secretaria de Comunicação (Secom-GO)

Continue Lendo