Conecte-se conosco

Brasil

Baldy deve deixar secretaria de Dória para assumir ministério de Bolsonaro

Publicado

em

Para acomodar os partidos de centro, o governo Jair Bolsonaro (PSL) deve recriar dois ministérios – e para um deles, já circula um nome nos corredores do Congresso: Alexandre Baldy, atual secretário de Transportes Metropolitanos de São Paulo, do governo Dória (PSDB). Se confirmada, será a primeira nomeação de ministro por indicação partidária no governo Bolsonaro, o que vai contra as promessas de campanha do presidente.

Não é inteligente você ver uma força enorme de uma lado e querer ser inimigo dela, sendo que você pode ser aliado”, afirmou a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP) à reportagem. Ela confirmou que o governo aceitou “a questão dos ministérios”, mas disse que não podia revelar o nome do indicado. Dois líderes do centrão (que reúne siglas influentes como MDB, PRB, PP e Solidariedade) e um da oposição falaram em Baldy para o ministério das Cidades, que deve voltar a existir.

Também está em perto de ser recriada a pasta da Integração Nacional, distanciando-se dos 15 ministérios prometidos antes da posse. Hoje, já há 22. A atual composição da Esplanada tem nomes vinculados a outros partidos, além do PSL do presidente. Mas tanto as siglas, quanto o governo afirmam que as escolhas foram de Bolsonaro.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Ministério da Saúde afirma que Brasil atingiu Platô

Publicado

em

Por

Continue Lendo

Brasil

Pandemia no Brasil tem 57.662 pessoas mortas. Confira dados atualizados

Publicado

em

Por

O Ministério da Saúde divulgou hoje (28) novos números sobre a pandemia do novo coronavírus no país. De acordo com levantamento diário feito pela pasta, o Brasil tem 1.344.143 casos confirmados de covid-19 acumulados e o total de 57.622 mortes. Os casos de pacientes recuperados somam 733.848. 

Nas últimas 24 horas, o ministério registrou 552 óbitos e 30.476 novos casos da doença. 

A região Sudeste tem o maior número de casos acumulados desde o início da pandemia, com 914.004 casos e 52.882 mortes. O Nordeste aparece em segundo com 902.152 casos 36.648 óbitos. Em seguida estão as regiões Norte (502.928 casos e 18.622 mortes), Centro-Oeste (170.996 casos e 3.122 mortes) e Sul (137.254 casos e 2.866 óbitos). 

Continue Lendo
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com