Conecte-se conosco

Brasil

Blogueira que falou em “esfaquear” Eduardo Bolsonaro diz ter sido intimada

Publicado

em

Uma blogueira afirmou ter sido intimada pela polícia do RJ por ter criticado Eduardo Bolsonaro

Em vídeo, ela disse que esfaquearia o presidente Jair Bolsonaro (PL) e “provavelmente” em seu filho

O caso ocorreu em Tupã (interior de São Paulo)

A blogueira Maria Cristina Fontes de Mattos, conhecida como Tininha Mattos, afirmou ter sido intimada a prestar depoimento à Polícia Civil do Rio de Janeiro em razão de um vídeo, publicado em março no Instagram, em que lamentou não ter encontrado o presidente Jair Bolsonaro (PL) e seus filhos no Rio.

E eu ia fazer escândalo, e eu ia filmar, e eu ia dar outra facada no Bolsonaro, com faca de pão que eu ia roubar da copa daqui, provavelmente no Eduardo Bolsonaro, que é quem eu mais odeio, mas eu perdi essa oportunidade”, disse Tininha na rede social.

Posteriormente, após receber ataques e ameaças de apoiadores do presidente, ela disse que se tratou de uma postagem “ácida” e se retratou.

A intimação é um desdobramento da ação apresentada em 1º de setembro por Eduardo contra Tininha ao TJRJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) por suposto crime de ameaça. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI).

“Meu advogado está entrando com pedidos de habeas corpus para trancar esse inquérito, já que é inconstitucional e ilegal. Não houve crime. Aliás, ele mesmo [Eduardo Bolsonaro] falou isso em audiência de conciliação do processo cível que ele mesmo abriu”, disse Tininha em entrevista ao portal UOL, em referência a outra ação, esta apresentada ao TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios), na qual Eduardo já foi derrotado.

Após a publicação do vídeo, o deputado informou que entraria com um processo contra Tininha (sem citar seu nome) e um doutor em Filosofia pela USP (Universidade de São Paulo) que também o criticou.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Pela 1ª vez, Brasil registra mais de 200 mil casos conhecidos de Covid em 24 horas; mortes também apontam alta

Publicado

em

Por

O Brasil registrou nesta quarta-feira (19) o recorde de 205.310 novos casos conhecidos de Covid-19 em 24 horas, chegando ao total de 23.420.861 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi a 100.322 – a maior marca registrada até aqui, superando pela primeira vez o patamar de 100 mil diagnósticos diários (e o recorde do dia anterior).

Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +487%, indicando tendência de alta nos casos da doença.

Brasil, 19 de janeiro

  • Total de mortes: 621.927
  • Registro de mortes em 24 horas: 349
  • Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 215 (variação em 14 dias: +114%)
  • Total de casos conhecidos confirmados: 23.420.861
  • Registro de casos conhecidos confirmados em 24 horas:205.310
  • Média de novos casos nos últimos 7 dias: 100.322 por dia (variação em 14 dias: +487%)
Continue Lendo

Brasil

Bolsonaro é proibido pela Justiça Federal de usar o termo “lepra”

Publicado

em

Por

  • Bolsonaro está proibido de usar o termo “lepra” em suas manifestações públicas
  • A decisão foi da 3a Vara Federal do Rio de Janeiro
  • Os demais integrantes da União também devem respeitar a determinação

A Justiça Federal determinou que o presidente Jair Bolsonaro fique proibido de usar o termo “lepra” em suas manifestações públicas.

Continue Lendo