Conecte-se conosco

Capital

Blogueiro é obrigado a retirar matérias ofensivas à honra de promotor de Justiça

Decisão liminar atende pedido da defesa do promotor de Justiça do Ministério Público de Goiás Fernando Krebs, que alegou, em ação de indenização por danos morais, que teve a honra maculada por postagens no blog do Cleuber Carlos, assinado pelo blogueiro de mesmo nome

Publicado

em

A Juíza de direito Viviane Silva de Moraes Azevedo, do 11º Juizado Especial Cível de Goiânia, determinou, em sede de tutela provisória, em ação de indenização por danos morais, que o blogueiro Cleuber Carlos do Nascimento retire do seu blog (Blog do Cleuber) as matérias publicadas e atentatórias à honra do promotor de Justiça Fernando Krebs e de seus familiares.

A decisão, segundo a magistrada, foi tomada após a análise das alegações da parte requerente, juntamente com os elementos que evidenciem o perigo de dano de difícil reparação à honra do promotor. Nas publicações, Cleuber Carlos faz “ilações” a respeito da conduta do promotor e insinua parcialidade do representante do Ministério Público goiano na propositura de ações de improbidade contra ex-governadores de Goiás.

A juíza determinou que todas as matérias mencionadas na demanda, em que Fernando Krebs e seus familiares são nominalmente citados em conteúdos que possuem material ofensivo à imagem e à honra dos mesmos, sejam retiradas do ar no prazo máximo de 24 horas, sob pena de multa diária de R$ 1 mil reais.

Em outra ação, julgada em 2019, o mesmo blogueiro foi condenado ao pagamento de indenização no valor de R$ 10 mil ao promotor Fernando Krebs,  também por ofensas morais e à honra do representante ministerial.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital

Prefeitura recupera R$ 24,6 milhões devidos à cidade

Guias emitidas na Semana da Conciliação não pagas até o dia 13 foram canceladas. Débitos continuam em Dívida Ativa e serão retomadas cobranças administrativa e judicial. Ao todo, cidadãos devem R$ 3,5 bilhões à Goiânia

Publicado

em

Por

Mais de R$ 24,6 milhões entraram nos cofres públicos do município como efeito dos acordos realizados durante a 14ª Semana Nacional da Conciliação (SNC). Desse total, R$ 13,5 milhões se referem a débitos que foram liquidados com descontos de até 80% em multas e juros moratórios.

Os outros R$ 11 milhões são oriundos do pagamento da primeira das até 40 parcelas possíveis para quem entre os últimos dias 04 e 08 procurou a Prefeitura de Goiânia para regularização de dívidas relativas aos impostos Predial e Territorial Urbano (IPTU/ITU), Sobre Serviços (ISS) e Sobre Transmissão de Imóveis (ISTI), além de multas por infração à legislação ou descumprimento de obrigações acessórias.

As guias do Documento Único de Arrecadação Municipal (Duam) emitidas na SNC mas não pagas até o dia 13, data limite para pagamento, foram canceladas nesta quinta-feira, 14. Como efeito, as dívidas permanecem inscritas em Dívida Ativa e serão retomadas as cobranças administrativas e/ou judiciais para recebimento dos débitos. Os cidadãos que perderam o benefício, no entanto, ainda podem regularizar as dívidas com o município, mas sem desconto nas penalidades decorrentes da inadimplência. Para isso, basta se dirigir a uma das Atende Fácil, central de relacionamento com a Prefeitura de Goiânia. Há unidades instaladas no Paço Municipal, Park Lozandes; Shopping Cidade Jardim, bairro homônimo; Estação Ferroviária, Setor Central; e Galeria Dona Beti, Setor Morada do Sol. Ao todo, a dívida dos cidadãos com Goiânia ultrapassa R$ 3,5 bilhões.

Os cartórios e serviços de proteção ao crédito já foram notificados sobre as dívidas pagas até esta quarta-feira, 13. O protesto e a inscrição em serviços de proteção ao crédito devem ser retirados do sistema em até cinco dias. Após, já é possível ter acesso a certidões de regularidade fiscal.

Giselle Vanessa Carvalho, da editoria de Finanças

Continue Lendo

Capital

Depois de Ronaldo Caiado, presidente regional do PP, Alexandre Baldy, admite apoio a uma eventual candidatura à reeleição de Iris Rezende

Declaração foi dada à Rádio Sagres, durante entrevista na manhã desta segunda-feira, 11/11. Segundo o pepista, caso Vanderlan Cardoso opte por não sair candidato, o partido deve apoiar a reeleição de Iris Rezende em Goiânia. O emedebista, no entanto, tem evitado falar sobre política e sustentado que o momento é de dar andamento às obras na capital

Publicado

em

Por

O presidente regional do PP em Goiás, Alexandre Baldy, secretário de Transportes do Estado de São Paulo,  admitiu à Rádio Sagres 730, nesta segunda-feira, 11/11, que seu partido pode dar apoio à candidatura à reeleição do prefeito Iris Rezende (MDB) em Goiânia. Baldy ressalvou que há a possibilidade de o senador Vanderlan Cardoso disputar a prefeitura de Goiânia, mas observou que caso ele não confirme sua candidatura, o partido tende a apoiar Iris. O governador Ronaldo Caiado (DEM) quer apoiar Iris e o PP está alinhado ao governo.

Na manhã do último sábado, durante o lançamento das obras de expansão da rede de esgotamento sanitário da região Noroeste de Goiânia, o governador Ronaldo Caiado manifestou veemente apoio a uma possível candidatura de Iris Rezende à reeleição no ano que vem. Segundo Caiado, o sentimento do povo é que Iris continue governando Goiânia e que espera que isso aconteça para continuar a parceria firmada entre Estado e Prefeitura para levar obras à população da capital.

Iris Rezende, no entanto, tem evitado falar em reeleição e diz que o tempo é de focar na realização de obras e atendimento das demandas da população. O emedebista lançou, nos últimos meses, o maior volume de obras da história de Goiânia, investimentos que devem atingir R$ 1,4 bilhão até o fim do atual mandato, em 2020.

Continue Lendo