Conecte-se conosco

Brasil

Bolsonaro comete duas infrações no primeiro passeio de moto nova e deve pagar R$ 325 em multas com 9 pontos na CNH

Publicado

em

No sábado passado, o presidente Jair Bolsonaro retirou sua moto nova em uma concessionária de Brasília (DF) e em seguida fez o primeiro passeio com o veículo, acompanhado da equipe de segurança em vias públicas da capital federal.

O mandatário postou nas redes sociais um vídeo desse passeio, pilotando sua Honda NC 750X 2020 azul – modelo que tem preço inicial sugerido de R$ 33.980.

De acordo com as fontes consultadas, Bolsonaro adotou práticas corretas de segurança, mas também cometeu pelo menos duas infrações – que juntas renderiam R$ 325 em multas e nove pontos no prontuário da CNH (Carteira Nacional de Habilitação)
Vamos primeiramente aos acertos do chefe do Executivo. Antes de pilotar sua Honda, ele afivelou o capacete, equipado com viseira, e ainda utilizou luvas e jaqueta de couro para sua proteção. Práticas mais do que recomendáveis, na análise dos entrevistados.

“Uso de capacete, luvas, calçado fechado e roupas adequadas são coisas que o presidente fez corretamente”, avalia o especialista em trânsito Celso A. Mariano, citando o Artigo 54 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro). De acordo com esse artigo, condutores de motos só podem circular nas vias “utilizando capacete de segurança, com viseira ou óculos protetores” e “usando vestuário de proteção, de acordo com as especificações“o mesmo Artigo 54, bem como o Artigo 244 do CTB apontam uma irregularidade cometida por Bolsonaro na ocasião: conduzir motocicleta “sem segurar o guidão com ambas as mãos, salvo eventualmente para indicação de manobras”.
Na gravação, o presidente tira a mão esquerda do guidão durante vários segundos para fazer um “joinha” em direção à câmera. “A conduta de conduzir motocicleta, motoneta ou ciclomotor sem segurar o guidão com ambas as mãos, salvo para indicar manobra, caracteriza infração grave de trânsito prevista no Artigo 244, Inciso VII do CTB.

É passível de multa”, explica Marco Fabrício Vieira, assessor da presidência da CET Santos, conselheiro do Cetran-SP

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

EXTRA | Bolsonaro deve desafiar o STF com estratégia de não cumprir ordens e barrar ida de Weintraub para interrogatório

Publicado

em

Por

Continue Lendo

Brasil

UPDATE COVID | Dados atualizados da pandemia no Brasil. As cidades com maiores taxas de mortalidades

Publicado

em

Por

Veja os dados sobre o coronavírus no Brasil atualizados, desta quinta-feira 28, junto às secretarias estaduais de saúde. Foram registradas 25.035 mortes provocadas pela Covid-19 e 399.632 casos confirmados da doença em todo o país.

O balanço do Ministério da Saúde desta terça-feira (26) informa 24.512 mortos e 391.222 casos. O Brasil é o segundo país no mundo com o maior número de casos confirmados da doença, atrás dos Estados Unidos.

Continue Lendo