Conecte-se conosco

Brasil

Longe de debates, Bolsonaro exalta Paulo Guedes no SBT

Publicado

em

Jair Bolsonaro (PSL) lidera todas pesquisas eleitorais (Reprodução)

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) concedeu entrevista exclusiva na noite desta terça-feira ao SBT. O presidenciável adotou um tom muito mais moderado do que o que marcou sua trajetória política e pregou pacificação.

Bolsonaro não se aprofundou em temas econômicos e, novamente, deixou claro que o economista Paulo Guedes irá se dedicar ao tema em seu governo. No entanto, ele pregou que não pretende aumentar impostos e que todos —inclusive os mais ricos— estão “sufocados”.

Ele também elogiou alguns de seus principais conselheiros como o astronauta Marcos Pontes. Ele também desmentiu que seu vice defendeu o fim do décimo terceiro. “Ele só criticou a estrutura remuneratória nossa era uma jabuticaba. Uma força de expressão. O que houve foi um excesso de da imprensa”, diz.

Ele também foi questionado pelo excesso de militares trabalhando em seu plano de governo. “Temos civis sim. O que acontece é que alguns estão esperando o resultado das eleições para não sofrer retaliações. A sociedade irá se surpreender positivamente”, declarou o candidato.

Sobre suas propostas para amenizar os altos índices de desemprego, Bolsonaro novamente disse que pretende ouvir o economista Paulo Guedes para tomar medidas que ajudem a aumentar a oferta de emprego. Atualmente, mais de 13 milhões de brasileiros sofrem com a falta de ocupação. O candidato ainda disse que “o brasileiro está sufocado” e que pobres e ricos estão na mesma situação.

Questionado sobre violência, Bolsonaro pregou a valorização dos policiais, mas não apresentou nenhum plano concreto além do “excludente de ilicitude” que livra agentes de segurança pública de processos por mortes cometidas durante o trabalho. Ele também revelou que indicaria alguém como juiz Sérgio Moro para o STF.

Ele também garantiu que irá fazer um governo marcado por privatizações. “Vamos partir para privatizações. Queremos diminuir o estado, mas vamos manter estatais em setores que consideramos estratégicos”, explicou.

Carlos Nascimento também falou sobre as impressões que o mundo tem tido sobre o candidato. Citou, inclusive, que ele é apontado um candidato de extrema direita que flerta com o fascismo. “Isso precisa ser desmistificado. Não sou nada disso. Esses rótulos que me colocaram durante a minha trajetória não correspondem a realidade”, argumentou.

Alegando limitações físicas, Jair Bolsonaro não confirmou presença em nenhum debate até o momento. Apesar disso, o candidato do PSL tem cumprido agenda de campanha, participando de encontros e concedendo entrevistas.

Nesta terça-feira, o SBT foi notificado pela justiça sobre o pedido da  coligação “O Brasil Feliz de Novo” de Fernando Haddad (PT) para que entreviste o candidato petista caso seu adversário não compareça ao debate da emissora marcado para esta quarta-feira (17).  Os advogados da candidatura petista argumentaram que Bolsonaro só aceita falar sozinho e prefere se esconder nas redes sociais a debater frente a frente com Haddad.

Nesta quarta-feira, Bolsonaro e Haddad trocaram farpas nas redes sociais. O petista citou o apoio da organização racista Ku Klux Klan a Bolsonaro e irritou o adversário que o chamou de poste. Bolsonaro também disse não aceitar o apoio da organização racista cujo líder David Duke afirmou que o vê “como um igual”.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Paciente curado de câncer terminal volta ao lar e diz: “ainda estou assutado com tudo que aconteceu”. Tratamento inédito alavanca esperança

“É um sentimento impagável. Ontem mesmo foi a primeira manhã que passei aqui [em casa]. Terminei o café e fiquei olhando para a mata. É um sentimento muito confortável, agradável”, disse.

Publicado

em

Por

Vamberto Luiz de Castro é só alegria e encantamento em casa, em Belo Horizonte. O funcionário público aposentado de 64 anos que está livre de um linfoma – um tipo de câncer – após tratamento inédito na América Latina curte a família e a casa após ficar 40 dias internado em Ribeirão Preto (SP).

O tratamento inédito que foi submetido alavancou esperança sobre cura definitiva do câncer

“Eu tenho recebido tanta manifestação de tanta gente que rezou. Eu prefiro dizer que é um misto de manifestação religiosa e ciência”, disse o paciente agora curado.

Vamberto estava em fase terminal de um linfoma muito agressivo nos ossos quando procurou o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto para tentar um tratamento ainda experimental no Brasil com uma equipe da Universidade de São Paulo (USP).

Ele teve alta no último domingo (13) após apresentar melhora considerada cura com a terapia genética descoberta no exterior e conhecida como CART-CeII.

“Eu estou meio assustado com tudo o que aconteceu, especialmente sobre o tratamento”, disse Vamberto.

Vamberto e esposa

No domingo mesmo, quando chegou em casa, foi recebido por familiares e amigos com faixas, balões e abraços.

Antes e depois

Em casa, ele contou que fica admirando os cômodos, os móveis e a paisagem de montanhas que vê da janela. O deslumbramento não é para menos. Antes do tratamento, as chances de cura eram quase inexistentes.

“É um sentimento impagável. Ontem mesmo foi a primeira manhã que passei aqui [em casa]. Terminei o café e fiquei olhando para a mata. É um sentimento muito confortável, agradável”, disse.
Apesar de considerar que possa ter tido também uma bênção, ele se disse muito grato aos médicos e à toda equipe que o acompanhou.

“A equipe muito bem preparada, um pessoal que tem o domínio do conhecimento que adquiriu impressionante. Eles chegaram com elegância clássica e não perderam a simplicidade”, elogiou o atendimento humanitário que recebeu.

Uma das alegrias do dia é a neta. A criança, que estava com saudades do avô, não desgruda de seu lado. “A gente rola, brinca”, contou o avô.

Daqui duas semanas, ele tem que voltar a Ribeirão Preto para uma nova avaliação médica. Ele espera que as medicações que ainda toma sejam temporárias.

Continue Lendo

Brasil

Sobrevivente de queda de prédio tira self sob escombros para os familiares. Confira a mensagem de texto

Publicado

em

Por

Sobrevivente de queda de prédio em Fortaleza enviou selfie sob escombros para familiares

Morador do primeiro andar, estudante de arquitetura Davi Sampaio foi a oitava pessoa resgatada dos escombros do Edifício Andrea, que desabou em Fortaleza nesta terça-feira (15). Nove foram resgatados com vida

O estudante de arquitetura, Davi Sampaio, enviou uma selfie aos familiares enquanto estava preso sob os escombros do prédio que desabou em Fortaleza nesta terça-feira (15). A imagem foi enviada a um grupo da família do estudante no WhatsApp.

Morador do primeiro andar, Davi Sampaio foi a oitava pessoa resgatada com vida dos escombros do edifício Andrea, no Bairro Dionísio Torres, área nobre de Fortaleza.

Ele foi atendido em um hospital particular de Fortaleza, passou por exames de tomografia e passa bem. Albertine Felipe recebeu mensagem de Davi Sampaio pelo WhatsApp enquanto o estudante estava abaixo dos escombros.

“Tinha visto a notícia do desabamento e vi que poderia ter sido o prédio dele [Davi Sampaio] porque logo reconheci, depois olhei o Google Maps pra ver se era mesmo o prédio.

Logo depois ele entrou em contato com a gente pelo WhatsApp”, relata.

Continue Lendo