Conecte-se conosco

Agenda

FOTOS | Evento de gala para imprensa marca lançamento dos Jardins França e 25 anos da FGR em Goiás

Em série especial de 25 anos, FGR lança Jardins França como símbolo do Jeito Jardins de Viver

Publicado

em

Em evento de gala para a imprensa que ocorreu na noite da última quinta-feira (10), a FGR urbanismo conquistou a sociedade goiana com novo empreendimento Jardins, denominado Jardins França, localizado na GO-020, próximo ao Centro Cultural Oscar Niemeyer, área de alto padrão em Goiânia.

Com champanhe, canapés e buffet especial, os convidados puderam conhecer de perto o mapa do empreendimento, condomínio horizontal.

Jardins França, alto padrão, condomínio horizontal

Josiane Coutinho da Rádio Band News e Daniela Ribeiro, Superintendente de Jornalismo da Prefeitura de Aparecida de Goiânia

Pedro Ernesto – Arquiteto / Luiz Fernando Teixeira – Arquiteto Urbanista (profissionais responsáveis pela arquitetura e urbanismo do Jardins França)

Cristiano Nunes – Diretor de Negócios / Michelle / Bruno / Camila Alcântara – Gerente de Relacionamento com o cliente

Exuberância e beleza podem definir toda a concepção de arquitetura, urbanismo e o paisagismo do mais novo lançamento da FGR Urbanismo, especializada em condomínios horizontais em Goiás e outros estados. Lançado dentro da Série Especial em comemoração aos 25 anos de Condomínios Jardins, o Jardins França chega aliando sofisticação, comodidade, localização privilegiada e aproveitamento máximo da natureza.

Dóris Costa, assessora de imprensa da FGR e responsável pelo evento

Para a incorporadora, trata-se do aprimoramento do conceito de qualidade de vida, consolidado ao longo desses 25 anos.

Luiz Afonso, chefe de redação GOYAZ

Os acessos ao condomínio podem ser feitos por três vias amplas e iluminadas: além da GO-020, a Marginal Barreiro e a Avenida França. Perto de tudo, o Jardins França tem diferenciais exclusivos para oferecer aos moradores, em especial, a mata centenária cuidadosamente preservada no projeto urbanístico de Luiz Fernando Teixeira Cruvinel, e integrada às opções de lazer e convívio de forma harmoniosa.
O Jardins França tem uma das maiores áreas de mata nativa, que impressiona logo na chegada, acompanhada de um majestoso espelho d’água que recepciona os futuros moradores.

O paisagista Benedito Abbud colocou palmeiras monumentais, perfumados jasmins manga e fartura de ipês coloridos num projeto de tirar o fôlego, com riqueza de elementos à altura do empreendimento.
Ipês rosa, brancos, roxos e amarelos circundam toda a área destinada aos 567 lotes, que têm metragem a partir de 405 metros quadrados. O plantio dos ipês valoriza a paisagem e promete colorir de exuberância natural todo o condomínio, que já nasce com vocação para a excelência, ao unir a localização estratégica, na GO 020, a 5 minutos do Shopping Flamboyant, com o lazer mais completo, o paisagismo impactante e área comercial anexa.Lazer ao máximoCada detalhe foi pensado com esmero, segundo o arquiteto Pedro Ernesto Gualberto.

A portaria social será a maior já construída pela FGR. Sustentada por um mastro imponente de 16 m de altura, a cobertura de linhas orgânicas tem uma curvatura inspirada em asas estendidas sobre os três acessos de entrada e saída de veículos.

O muxarabi que cerca a portaria é em ferro treliçado, remetendo ao desenho da Torre Eiffel.

Uma espaçosa e arborizada avenida principal, com um espelho d’água povoado de carpas recebe os moradores e visitantes e, a seguir, emoldurada pela mata nativa que cerca a paisagem, uma Capela Ecumênica de linhas leves, repousa suavemente, quase flutuando sobre um espelho d’água com carpas. Um verdadeiro quadro, emoldurado pelas árvores e flores do cerrado.
A área de lazer é arrojada. Onze praças em 263 m2 totais convidam à prática de esportes, meditação e descontração. São como petit gardens, extensões de verde ao redor das futuras residências. A academia será uma das maiores já construída, 650 m2, com uma vista privilegiada, aberta para a mata.

O Jardins França terá uma das maiores trilhas para caminhada da cidade, com 3.500 km de percurso, piscinas, quadra poliesportiva, quadras de areia, quiosque goumert, quadra de peteca, campos de futebol, horta, pomar com variedade de árvores frutíferas, e espaço para meditação.

Para as crianças, tem o brinquedo Forte Apache, uma estrutura para prática de arvorismo e playgrounds com espaços distintos conforme faixa etárias. Os pets terão espaço de brincadeiras, separando os animais de grande porte dos menores. Pista de patinação, patinete, skate e mini campo de futebol são atrativos da Praça Diversão.

MIX Comercial

Para total comodidade, a área comercial anexa traz um mix completo de serviços e lazer, aberto a toda população da região. São mais de 20 operações que funcionarão no local. Destaque para Educandário Vila Boa (ensino infantil e fundamental), Colégio Átrio (ensino médio) e Escola Interamerica (ensino infantil e fundamental), Casa Thomas Jefferson (escola de inglês) de Brasília, que chega a Goiânia como referência em ensino da língua inglesa e a Rede PM Pães, que vai instalar uma unidade ampla e moderna – a primeira na região sul da capital.

Ainda no mix, o MR Salon com estrutura completa em serviços de beleza, diversas clínicas como de dermatologia, fisioterapia, psicologia, odontologia e estética, pet shop, galeria de serviços, empresa de tecnologia e muito mais. Uma Passarela do Lazer vai concentrar restaurantes e café com circulação exclusiva de pedestres.
No quesito segurança, acesso individual dos moradores por biometria, monitoramento com câmeras (inclusive com sensores infravermelho), patrulhas externas e internas 24 horas com equipe altamente treinada e qualificada. O escopo de serviços conjuga tecnologia de ponta na infraestrutura, e técnicas modernas no monitoramento.
Com o Jardins França, a FGR atinge a marca de 20 condomínios horizontais implantados em Goiânia e Região Metropolitana da capital. Segundo a diretora comercial Michele Perez, a FGR Urbanismo também deverá alocar futuramente, a sede da empresa para a região.

“O Jardins França polariza ainda mais o fluxo de desenvolvimento para esta localização, num formato completo, que celebra o Jeito Jardins de Viver. Um marco que queríamos alcançar, para brindar Goiânia com nossa série comemorativa”, explica ela.*Em série especial de 25 anos, FGR lança Jardins França como símbolo do Jeito Jardins de ViverExuberância e beleza podem definir toda a concepção de arquitetura, urbanismo e o paisagismo do mais novo lançamento da FGR Urbanismo, especializada em condomínios horizontais em Goiás e outros estados. Lançado dentro da Série Especial em comemoração aos 25 anos de Condomínios Jardins, o Jardins França chega aliando sofisticação, comodidade, localização privilegiada e aproveitamento máximo da natureza.

Para a incorporadora, trata-se do aprimoramento do conceito de qualidade de vida, consolidado ao longo desses 25 anos. Os acessos ao condomínio podem ser feitos por três vias amplas e iluminadas: além da GO-020, a Marginal Barreiro e a Avenida França. Perto de tudo, o Jardins França tem diferenciais exclusivos para oferecer aos moradores, em especial, a mata centenária cuidadosamente preservada no projeto urbanístico de Luiz Fernando Teixeira Cruvinel, e integrada às opções de lazer e convívio de forma harmoniosa.

O Jardins França tem uma das maiores áreas de mata nativa, que impressiona logo na chegada, acompanhada de um majestoso espelho d’água que recepciona os futuros moradores. O paisagista Benedito Abbud colocou palmeiras monumentais, perfumados jasmins manga e fartura de ipês coloridos num projeto de tirar o fôlego, com riqueza de elementos à altura do empreendimento.

Ipês rosa, brancos, roxos e amarelos circundam toda a área destinada aos 567 lotes, que têm metragem a partir de 405 metros quadrados. O plantio dos ipês valoriza a paisagem e promete colorir de exuberância natural todo o condomínio, que já nasce com vocação para a excelência, ao unir a localização estratégica, na GO 020, a 5 minutos do Shopping Flamboyant, com o lazer mais completo, o paisagismo impactante e área comercial anexa.

Lazer ao máximo
Cada detalhe foi pensado com esmero, segundo o arquiteto Pedro Ernesto Gualberto. A portaria social será a maior já construída pela FGR.

Sustentada por um mastro imponente de 16 m de altura, a cobertura de linhas orgânicas tem uma curvatura inspirada em asas estendidas sobre os três acessos de entrada e saída de veículos. O muxarabi que cerca a portaria é em ferro treliçado, remetendo ao desenho da Torre Eiffel.

Uma espaçosa e arborizada avenida principal, com um espelho d’água povoado de carpas recebe os moradores e visitantes e, a seguir, emoldurada pela mata nativa que cerca a paisagem, uma Capela Ecumênica de linhas leves, repousa suavemente, quase flutuando sobre um espelho d’água com carpas. Um verdadeiro quadro, emoldurado pelas árvores e flores do cerrado.
A área de lazer é arrojada.

Onze praças em 263 m2 totais convidam à prática de esportes, meditação e descontração. São como petit gardens, extensões de verde ao redor das futuras residências. A academia será uma das maiores já construída, 650 m2, com uma vista privilegiada, aberta para a mata. O Jardins França terá uma das maiores trilhas para caminhada da cidade, com 3.500 km de percurso, piscinas, quadra poliesportiva, quadras de areia, quiosque goumert, quadra de peteca, campos de futebol, horta, pomar com variedade de árvores frutíferas, e espaço para meditação.

Para as crianças, tem o brinquedo Forte Apache, uma estrutura para prática de arvorismo e playgrounds com espaços distintos conforme faixa etárias. Os pets terão espaço de brincadeiras, separando os animais de grande porte dos menores. Pista de patinação, patinete, skate e mini campo de futebol são atrativos da Praça Diversão.

Fotos: Maycon Pacheco

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agenda

Sancionado por Covas às vésperas da eleição, auxílio de R$ 100 não começou

Publicado

em

Por

Nenhum trabalhador recebeu o auxílio emergencial paulistano de R$ 100 até agora, segundo a Prefeitura de São Paulo. Ainda há uma série de regras indefinidas, como a previsão de datas de pagamento, a forma como o dinheiro será depositado e quantas pessoas terão direito a ele

Continue Lendo

Agenda

SAÚDE NA PANDEMIA | Chás para desinchar e desintoxicar: teoria faz sentido, mas qual o limite recomendado?

Publicado

em

Por

De uns tempos para cá, esse tipo de produto virou figurinha carimbada nas redes sociais de blogueiras, lojas de produtos naturais e até mesmo nos supermercados. E a promessa é tentadora: basta tomar a mistura de ervas para ficar com a silhueta mais fina. De acordo com especialistas, é preciso cautela antes de acreditar cegamente nas promessas da bebida. “Muitas plantas podem de fato ajudar a desinchar, pois têm ação diurética”, afirma a nutricionista e fitoterapeuta Vanderli Marchiori, fundadora da Associação Paulista de Fitoterapia. “Alguns fitoquímicos contam com propriedade anti-inflamatória, o que também ajuda nesse caso, já que normalmente o acúmulo de líquidos está relaciona um estado inflamatório em alguma parte do corpo”, acrescenta a nutricionista Lícia D´Ávila, que fez curso de iniciação em fitoterapia na USP (Universidade de São Paulo)..

Entretanto, a concentração dessas substâncias nas infusões não é muito grande e, por isso, não é possível esperar resultados muito intensos, principalmente se pessoa tiver quadros que levem a um inchaço mais acentuado, alterações hormonais ou no funcionamento dos rins, por exemplo.

Sem falar que o consumo desses chás em excesso pode desencadear problemas. “A produção de urina em grande quantidade pode provocar desidratação e perda de eletrólitos no organismo, como potássio e sódio, acarretando em alterações na contração muscular, tontura, sensação de fraqueza e até desmaio”, alerta a nutricionista Clarissa Hiwatashi Fujiwara, membro do Departamento de Nutrição da Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica) e coordenadora de nutrição da Liga de Obesidade Infantil do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Além disso, quem tem tendência à pressão baixa deve ter um cuidado redobrado, pois a bebida pode causar a piora do quadro. “O mesmo vale para quem tem histórico de problemas cardíacos ou renais, pois a cafeína em abundância presente em alguns chás, como o verde e o mate, não é indicado nesses casos”, acrescenta D´Ávila. De acordo com Marchiori, o ideal é tomar no mínimo 300 mililitros e no máximo 1 litro por dia.

Continue Lendo
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com