Conecte-se conosco

Capital

Falta de nomes e projetos para prefeitura de Goiânia deve levar Iris Rezende a disputar reeleição

“A chance de Maguito Vilela sair pelo MDB é quase zero. Iris quitou dívida altíssima e está a todo vapor realizando a melhor administração da história de Goiânia. O prefeito arrumou a casa, está deixando nossa capital bonita e não deve entregá-la à terceiros que não possuem alinhamentos com o governo estadual. Daniel Vilela não aliviou para Caiado, deixou Iris no vácuo sem reposta após apelo público e acabou por provocar enorme ruptura com iristas e dentro do próprio partido” avalia fonte que pediu anonimato.

Publicado

em

Iris acena à população: vivenciando a melhor fase política de sua carreira, prefeito tem no xadrez político peças já descartadas e outras a serem consideradas caso decida por não disputar a reeleição.

À menos de 13 meses para nova eleição em Goiânia, a falta de nomes e de projetos de futuros candidatos pode levar o atual prefeito Iris Rezende (MDB) a buscar a reeleição para chefia do executivo municipal em 2020.

O staff de Iris avalia que nenhum aspirante à prefeito surgiu até o momento com plano de governo ou ideias para o futuro da capital e que, de última hora, não haverá boa aceitação da população. Quem não é visto não é lembrado.

São os chamados oportunistas de plantão, candidatos que caem de paraquedas no cenário, geralmente definidos por conchavo interno de partidos políticos às vésperas da eleição e somente decididos após convenções estaduais.

O fato é que não existem nomes abertos no mercado que exponham uma bandeira, citem um norte ou levantem uma crítica contundente à atual gestão emedebista – que desfruta de enorme prestígio.

Elias Vaz (PSB) em Brasília (DF) perdeu o foco em Goiânia. Kajuru, cercado de polêmicas e sem partido, está fora do páreo.

Na Câmara Municipal, Cristina Lopes, que é tucana e possui receios da alta rejeição da sigla na capital, quer alinhar-se com o PDT da família Arantes.

Francisco Jr (PSD) não é visto em Goiânia e, sem apresentar ao público sua visão política-administrativa e aparição na imprensa, conta com possível, mas improvável, apoio do senador Vanderlan Cardoso como última cartada para entrada na disputa.

Deputado Major Araújo do PSL, em carreira solo, elevou o tom de críticas à gestão Caiado, discursa abertamente sobre candidatura ao Paço, mas peca por falta de articulação e apoio. Contra ele, pesa o fato de ter renunciado como vice-prefeito de Iris e de perder o contato com a população.

O PT de Adriana Accorsi perdeu forças com desgaste da era Lula/Dilma em Goiás e não se renovou. Adriana está no dilema: sequer tem números favoráveis para Câmara Municipal e ainda sonha com um embate eleitoral contra Iris.

O DEM de Ronaldo Caiado deverá indicar o candidato a vice de Iris Rezende, caso o prefeito decida por disputar a reeleição. Quem conhece o prefeito, segundo revelou fonte, diz que Iris é candidato e já está em campanha. Só não enxerga quem não tem olhos.

Iris assiste de camarote toda movimentação em torno da disputa em 2020. Goiânia está sem oposição e não tem nomes à altura de enfrentá-lo ou, até mesmo, de expor um contraponto a atual gestão.

Com popularidade em alta, o grupo de Iris acredita que o melhor ainda está por vir  na vida política do prefeito com uma série de inaugurações de obras de grande impacto na capital.

A estratégia do clã irista é anunciar candidatura do prefeito apenas em junho de 2020 e arrematar eleição em primeiro turno com apoio e ajuda da máquina estadual do democrata Caiado, governador de Goiás.

“A chance de Maguito Vilela sair pelo MDB é quase zero. Iris quitou dívida altíssima e está a todo vapor realizando a melhor administração da história de Goiânia. O prefeito arrumou a casa, está deixando nossa capital bonita e não deve entregá-la à terceiros que não possuem alinhamentos com o governo estadual. Daniel Vilela não aliviou para Caiado, deixou Iris no vácuo sem reposta após apelo público e acabou por provocar enorme ruptura com iristas e dentro do próprio partido” avalia fonte que pediu anonimato.

O foco de Iris em 2020 tem alvo: concluir obras consideradas novos marcos urbanos, seguir obtendo apoio dos funcionários públicos municipais e garantir uma reeleição tranquila, sem surpresas, e com grandes chances de aniquilar a fatura já no primeiro turno.

Por: Luiz Afonso

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital

VÍDEO | Forte chuva na noite de quinta derruba árvore no Parque Vaca Brava, interdita a T-15, destrói fiação elétrica, placas e poste

Publicado

em

Por

Goiânia amanheceu sob forte chuva que durou desde a tarde de quinta e provocou estragos, alagamentos e prejuízos.

No Parque Vaca Brava, árvore caiu sobre a Avenida T-15.

Confira no vídeo abaixo

Continue Lendo

Capital

VÍDEO | Prefeito de Goiânia Iris Rezende visita locais atingidos pelas fortes chuvas e promete imediatas providências

Publicado

em

Por

A forte chuva que assolou Goiânia nas últimas 48 horas provocou estragos em diversos pontos da capital.

Em alguns bairros choveu 90 milímetros quando o esperado é de 25

Iris Rezende, prefeito de Goiânia, visitou pontos mais críticos na manhã desta quarta 22 e prometeu intervenção municipal para sanar e recuperar os trechos.

Veja vídeo abaixo

Continue Lendo