Conecte-se conosco

Capital

Feira Hippie funciona no primeiro final de semana de obras na praça do Trabalhador

Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) reforça segurança com guardas, fiscais e agentes de trânsito. Espaço está organizado, sem prejuízos para mobilidade. Seinfra empreenderá, durante a semana, melhorias no local, com cascalhamento para diminuir incômodos provocados pela poeira

Publicado

em

Imagens realizadas na praça do Trabalhador neste final de semana mostram barracas de feirantes montadas nas proximidades das obras de revitalização, que prosseguem até novembro

Durante o primeiro fim de semana de obras de revitalização da praça do Trabalhador as barracas da feira Hippie foram montadas normalmente no local provisório, nas proximidades da região da avenida 44. Representantes do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), dos feirantes e montadores acertaram os últimos detalhes para que a estrutura começasse a funcionar a partir do sábado (22/06).

A secretaria municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra) empreenderá durante esta semana melhorias no espaço, com cascalhamento para diminuir os incômodos provocados pela poeira. Com ajustes, planejamento e reforço da segurança com guardas, fiscais e agentes de trânsito, o espaço está organizado e o trânsito fluiu com tranquilidade no final de semana.

Antes do início das obras, que ocorreu no dia 17 de junho, foram realizadas 25 reuniões entre representantes da prefeitura de Goiânia e dos comerciantes das feiras Hippie e da Madrugada. Ficou decidido que a montagem das barracas ocorreria em espaços previamente demarcados em ruas próximas à praça do Trabalhador até o término da revitalização, prevista para novembro deste ano.

A montagem das bancas da feira da Madrugada ocorre após às 10h da quarta-feira, com funcionamento a partir de 15h horas até as 22h de quinta-feira. Já a feira Hippie é montada a partir da 3h de sexta-feira, com funcionamento a partir das 10h até 15h de domingo.

O feirante Ozir Carvalho, que trabalhava na quadra L e que ficou nas proximidades da avenida Independência, disse que a solução encontrada foi a melhor possível, pois manteve a feira próximo da região da 44 e da rodoviária. Ele acredita que haverá ajustes na organização nos próximos dias. “O desafio é impedir que pessoas de fora ocupem as bancas, pois tem montadores querendo incluir barracas. Apesar do período de improviso do local, acredito que a praça reformada vai fortalecer a feira”, disse.

Representantes do terminal rodoviário observaram que o final de semana foi especial, por que a avenida Goiás ficou completamente desobstruída por vendedores irregulares, com a população tendo o direito de circulação livre por calçadas e ruas.

Requalificação

A Prefeitura de Goiânia reafirma que requalificação da praça do Trabalhador vai resultar em espaço multiuso que, além da feira, comportará shows, estacionamento e outras atividades. Após o final das obras, a feira Hippie voltará a funcionar na praça, com as bancas projetadas em metalon e uniformizadas, cobertas com lona bege com fundo branco e beirais. Nos dias em que não ocorrem as feiras, no local funcionará um estacionamento para 1.272 vagas, contemplando todas as variáveis de veículos (carros, motos, bicicletas e ônibus).

Máquinas realizam o trabalho de terraplanagem na praça do Trabalhador, em ritmo acelerado, e a previsão é de que, em cinco meses, a obra seja entregue à população. O local abrigará posto da Guarda Municipal, três sanitários públicos, sendo um familiar, com 100m² cada um, e o prédio da administração, equipado com enfermaria.  Os investimentos são da ordem de R$ 6.897.038,09. A iniciativa trará modificações necessárias para a implantação da avenida Leste Oeste.

Trânsito

A prefeitura de Goiânia, por meio da secretaria municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT), realizou as intervenções na região da avenida 44 em função da relocação das feiras Hippie e da Madrugada para que seja empreendida a revitalização da praça do Trabalhador.

Durante os cinco meses de construção, o trânsito local sofrerá mudanças apenas nos dias de feira, de quarta a domingo. “Vamos fazer tudo o que for necessário para garantir fluidez, segurança e tranquilidade aos condutores”, afirma o secretário Fernando Santana (SMT).

Como parte da operação extraordinária da prefeitura, na 44 a SMT instala novas placas e equipes da diretoria de Fiscalização de Trânsito fazem ações intensivas. O objetivo é garantir a ordem viária e segurança dos usuários das vias por meio de fiscalização preventiva, ostensiva e controle viário nos bloqueios, rótulas e semáforos.

Na feira Hippie, um efetivo diário de 15 agentes de trânsito atuou de sexta-feira (21/06), até o final da tarde deste domingo (23/06). Eles usaram viaturas (automóveis e motocicletas) e tiveram apoio de quatro guinchos, cavaletes, cones, fitas zebradas e barreira pantográfica.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital

GOYAZ 29/09/2021

Publicado

em

Por

Clique aqui para acessar todo conteúdo

Continue Lendo

Capital

GOYAZ 28/09/2021

Publicado

em

Por

Clique aqui para acessar todo conteúdo

Continue Lendo