Conecte-se conosco

Capital

Goiânia terá mais seis escolas em tempo integral neste ano

Publicado

em

Iris inaugura Escola Municipal em Tempo Integral Professora Lousinha, no Residencial Itamaracá, região Norte da capital. Prefeito consegue zerar na localidade lista de espera por vagas na educação infantil de crianças de 3 a 5 anos e prepara novas unidades

O prefeito Iris Rezende inaugurou nesta segunda-feira (12/08), a Escola Municipal Professora Lousinha, no Residencial Itamaracá, região Norte da capital. A exemplo do que ocorreu no Parque Ateneu, o município conseguiu zerar na localidade e no Setor Perim a lista de espera por vagas na educação infantil de crianças de 3 a 5 anos. O secretário Marcelo Costa (SME) anunciou, na oportunidade, que mais seis escolas em tempo integral serão construídas ainda neste ano pelo município.

A Escola Municipal em Tempo Integral Professora Lousinha tem capacidade para atender 250 alunos com idade entre 4 e 10 anos. A unidade foi construída seguindo o conceito Padrão Século 21, modelo arquitetônico que estimula interação entre alunos e professores ao criar um ambiente propício aos estudos. São 14 salas de aula, incluindo de professores, administração, biblioteca, quadra poliesportiva, laboratórios de ciências e informática.

“Melhorar a educação em Goiânia é o nosso compromisso”, afirma o prefeito Iris Rezende. “Entregamos mais essa escola com grande estrutura para oferecer as melhores condições de ensino para os nossos alunos”, disse

O secretário municipal de Educação e Esporte, Marcelo Costa, ressalta a importância das parcerias entre secretarias na busca por mais qualidade para a população. “Acredito nesta escola como grande potencial e o trabalho conjunto entre secretários têm sempre resultados positivos, pois ensino de qualidade se faz a muitas mãos”.

A unidade foi construída pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), por meio do contrato de empréstimo gerido pela Unidade Executora do Puama, firmado junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O secretário Henrique Alves demonstrou grande alegria ao entregar a escola que será a maior do município.

A execução das obras de implantação da escola foi iniciada em 2013. Entretanto, em razão de problemas de ordem financeira por parte da empreiteira, foi paralisada, o que ocasionou atraso na conclusão. Com o vencimento do contrato junto a essa empresa, em 2018 foi realizado um novo processo licitatório para execução das obras remanescentes. O valor inicial previsto era de R$ 3.349.718,50, sendo que foram pagos R$ 2.955.973,59 à primeira empresa e o contrato para conclusão da escola está previsto em R$ 379.791,58, totalizando R$ 3.335.765,17 para a execução integral.

O prefeito Iris Rezende anunciou recentemente que que pretende zerar o déficit de vagas na educação infantil, um dos maiores desafios de sua gestão. Além da construção de escolas em tempo integral e Cmeis, ele cita o uso de alternativas inovadoras, como as salas modulares.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital

Andrey Azeredo manda recado para Francisco Júnior: “não existem projetos para o futuro renegando experiências do passado”

Vereador de Goiânia pelo MDB, Andrey chama de oportunismo a discussão lançada pelo deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de Goiânia, que chamou de improviso a gestão do atual prefeito Iris Rezende. Francisco Júnior foi secretário de Iris durante o 2º mandato do emedebista, entre 2005 e 2008

Publicado

em

Por

O vereador de Goiânia Andrey Azeredo (MDB) usou a sua conta do Twitter para mandar um recado ao pré-candidato a prefeito de Goiânia pelo PSD, deputado federal Francisco Júnior. Andrey questiona a atitude do deputado, que chamou de improvisada a gestão de Iris Rezende à frente do executivo municipal. Segundo o emedebista, não existe projeto para o futuro renegando as experiências do passado.

Andrey lembrou que Francisco Júnior foi secretário do prefeito Iris Rezende durante o segundo mandato do decano emedebista (2005-2008) e que coube ao deputado a coordenação do último plano diretor da cidade, aprovado em 2007. “Aquele mesmo plano diretor foi uma das bandeiras que elegeu Francisco Júnior vereador pela base irista”, lembra o vereador.

Azeredo disse lamentar que o deputado Francisco Júnior tenha ficado tanto tempo fora e que volte agora, com motivação eminentemente eleitoral, para criticar as gestões dos últimos 15 em Goiânia. “Lamento que a ingratidão seja o pano de fundo de suas movimentações para 2020”, disse o vereador diretamente ao deputado.

“Posso dizer que, como homem público, vivo Goiânia há mais de 15 anos. Reconheço os avanços e tenho bom senso para admitir as dificuldades que precisam ser contornadas. Trabalho por melhorias e oportunidades para todos. Discuto e procuro soluções para os problemas”, disse Andrey.

O vereador fez um balanço da gestão Iris Rezende, lembrou as dificuldades encontradas e o grande volume de obras lançadas na Capital e aconselhou Francisco Júnior: “não se deve subestimar o eleitor. A atual gestão tem tocado grandes obras, como na área da mobilidade. Desconsiderar iniciativas como o viaduto da avenida Jamel Cecílio, ou a trincheira da avenida 90, onde passará o BRT, é se pautar por um viés oposicionista por mero oportunismo”, encerrou.

Continue Lendo

Capital

FOTOS | Obras na Avenida Goiás estão à todo vapor e seguem ritmo acelerado

Publicado

em

Por

Goiânia se tornou um canteiro de obras! Os projetos, que estão por toda parte, não param de avançar. Neste início de semana a prefeitura de Goiânia está concretando a pista do BRT da Avenida Goiás. Hoje, a frente de trabalho está concentrada entre Avenida Paranaíba e a Rua 5. 🚧👷🏽‍♂

Continue Lendo