Conecte-se conosco

Esportes

Goiás x Palmeiras se enfrentam em Brasília em jogo com desfalques. Raio X

Publicado

em

O Palmeiras terá ao todo 22 desfalques para encarar o Goiás, neste sábado, às 21h (de Brasília), no Serrinha, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Abel Ferreira agora tenta montar o time com todas essas baixas entre jogadores afastados pela covid-19, lesionados e suspensos.

Só hoje (sexta) foram anunciados mais cinco casos positivos de coronavírus no elenco: Raphael Veiga, Willian, Aníbal, Breno Lopes e Alan. No total, são 18 jogadores com a doença. Viña, Alan Empereur, Danilo, Gabriel Silva, Rony, Gabriel Veron, Jailson, Vinicius Silvestre, Kuscevic, Gustavo Scarpa, Quiñonez, Pedro Acácio, Marino completam a lista de atletas que estão com covid.

Esta será a primeira vez em toda a temporada que o Verdão não terá Willian à disposição. Sem nenhum tipo de lesão ou advertência durante todo o ano, o atacante deverá ser substituído por Luiz Adriano.

E como os problemas de Abel só aumentam, se somam a essa lista os machucados Felipe Melo (cirurgia no tornozelo esquerdo), Wesley (cirurgia no joelho esquerdo) e Luan Silva (cirurgia no joelho esquerdo), além do suspenso Zé Rafael.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Neymar agradece aos céus após atuação de gala com dois gols contra Manchester United

Publicado

em

Por

O PSG conquistou um resultado vital e venceu o Manchester United por 3 a 1, em pleno Old Trafford, nesta quarta-feira, pela 5ª rodada do grupo H da Uefa Champions League, e deixou a chave em situação inacreditável.

Agora, o grupo tem três times com 9 pontos: United, em 1º lugar, Paris Saint-Germain, em 2º, e RB Leipzig, em 3º, seguindo os critérios de desempate da Uefa. Todos possuem chance de classificação, e apenas o Istanbul Basaksehir já está eliminado (e também sem Europa League).

Na última rodada, o Manchester visita o RB Leipzig, dependendo de um empate para se classificar. Já o Paris, que iniciou a rodada em situação bastante complicada, está mais aliviado: recebe o Basaksehir no Parque dos Príncipes e garante a vaga com um simples empate.

Em campo, o PSG começou bem melhor e, com amplo controle da posse de bola, não demorou a abrir o placar.

Logo aos 6 minutos, Neymar aproveitou sobra de bola na área, finalizou cruzado e venceu De Gea para estufar as redes em Old Trafford.

O United, porém, não se abalou com o gol e, pouco a pouco, foi tomando as rédeas da partida, contando também com a “vista grossa” do árbitro Daniele Orsato, que permitia faltas em sequência sem punir os jogadores dos Red Devils com cartões.

O lance mais emblemático ocorreu quando o volante Fred deu uma cabeçada em Paredes e o juiz italiano, mesmo após ver o lance no VAR, deu apenas amarelo ao brasileiro.

O primeiro tempo quente de Neymar contra o Manchester United

O camisa 10 do PSG discutiu com o compatriota Fred e ainda foi ‘caçado’ pelo volante Scott McTominay; no fim, vitória por 3 a 1 em pleno Old Trafford, com Neymar fazendo dois gols

O gol dos ingleses, todavia, acabou saindo até de forma natural: aos 32, Rashford disparou de fora da área, a bola desviou em Danilo e enganou Keylor Navas, que caiu para o outro lado.

No 2º tempo, o gigante de Manchester voltou bem melhor e desperdiçou uma chance incrível logo de cara, com Martial, que chutou por cima após receber ótimo passe de Cavani.

Cavani, aliás, estava a fim de jogo: em uma bela arrancada, o uruguaio deu leve toque por cobertura e acertou o travessão. Na sobra, Martial soltou a bomba, mas Marquinhos salvou com um carrinho.

Os lances acabariam fazendo muita falta para os Red Devils…

Afinal, bem quando o United era melhor, o PSG voltou a ficar na frente.

Aos 24 minutos, após escanteio, Ander Herrera tentou chute, a bola desviou em Diallo e sobrou para Marquinhos, na pequena área. De biquinho, ele empurrou para dentro e comemorou muito.

Logo em seguida, Fred deu carrinho no meio-campo, levou o 2º amarelo e acabou expulso, deixando os “Diabos Vermelhos” com um a menos.

No desespero, Ole-Gunnar Solskjaer mandou a campo Pogba, Greenwood e Van de Beek para buscar ao menos um empate, já que o resultado classificaria os ingleses.

No entanto, foi o Paris que matou a partida de vez nos acréscimos: em contra-ataque, Rafinha recebeu na área, saiu da marcação e rolou para Neymar fechar a conta.

Continue Lendo

Esportes

Protegido: Acesse aqui a versão flip digital para assinantes

Publicado

em

Por

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

Continue Lendo
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com