Conecte-se conosco

Estado

Governador anuncia voo comercial entre Rio Verde e São Paulo

Reunião definiu últimos detalhes para operação da GOL, que vai beneficiar o Sudoeste Goiano. No encontro, representantes da Infraero também garantiram que processo de internacionalização do Santa Genoveva estará concluído no próximo mês

Publicado

em

A partir do dia 1º de fevereiro, os goianos poderão contar com voos diários entre Rio Verde e o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Uma reunião, nesta quarta-feira (15/01), entre o governador Ronaldo Caiado, representantes da empresa aérea Gol e a Infraero definiu os últimos detalhes da operação. A criação da nova rota é consequência da política do governo estadual que, em dezembro do ano passado, reduziu de 15% para 7% a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do querosene da aviação.

O governador Ronaldo Caiado destacou que a operação traz mais prestígio ao Estado, facilitando o transporte e o acesso à região de Rio Verde, no Sudoeste Goiano, que se destaca pelo agronegócio e pela presença de grandes indústrias. “Tenho certeza de que vai ser um sucesso, ainda mais agora com a instalação da plataforma da Rumo (Ferrovia Norte-Sul). Isso vai ampliar demais essa demanda”, projetou.

Caiado ressaltou também que o movimento da Gol é importante para fortalecer a aviação regional. “Espero que no futuro próximo tenhamos também (voos diários) para Caldas Novas e outras regiões do Estado”, sugeriu. O governador aproveitou a oportunidade para destacar que este é um dos primeiros resultados de uma política assertiva do governo. “Baixamos o ICMS do querosene da aviação e as pessoas estão vendo e sentindo os resultados que estão beneficiando Goiás”.

Representante da Gol, a executiva de relações e instituições da empresa, Vanisse Sales, elogiou a postura do governo goiano em reduzir o ICMS para a aviação, posição alinhada ao que já vem sendo praticado por outros Estados para aumentar a frequência de voos. “Queremos continuar, de fato, a expansão regional”, disse. Vanisse recebeu dos representantes da Infraero um relatório com outros 20 aeroportos no Estado que têm condições de operar voos comerciais, entre eles o de Alto Paraíso. “Vou levar para a gente já estudar. Começamos com esse voo diário até Rio Verde, mas com os apontamentos, verificando interesse, o nosso planejamento é aumentar”, garantiu.

A executiva também afirmou que, desde que houve a redução do tributo em Goiás, a empresa aérea aumentou a aquisição de querosene de aviação de forma significativa no Estado. Em menos de um mês (a nova alíquota começou a vigorar em 21 dezembro), o consumo somente da Gol aumentou em 200 mil litros de querosene.

O secretário de indústria e Comércio, Wilder Morais, afirmou que a criação do voo é um grande presente para Rio Verde. “Com certeza, a pujança econômica do município irá alavancar cada vez mais o desenvolvimento da região”. O presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, disse que a estratégia de Goiás demonstra para a sociedade que não há renúncia de recursos públicos. Pelo contrário, já que há uma curva significativa de aumento da aquisição de combustível simplesmente pelo decreto reduzindo a alíquota do ICMS. “A ideia é sentar também com outras companhias para pulverizar voos regionais e outros para as regiões Norte, Nordeste e Sul do País. Temos uma grande expectativa nesse sentido”, explicou.

De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira, Rio Verde se tornou referência na região Sudoeste, economicamente, a mais forte no Estado de Goiás. “Tenho certeza que a Gol estará bem economicamente, comercialmente também naquela região”, ressaltou. Lissauer aproveitou para sugerir à empresa estudar rotas para Goiânia e Brasília. “Tenho certeza que tem demandas e condições comerciais para isso”, afirmou.

*Internacionalização do Santa Genoveva*
Representantes da Infraero também participaram da reunião para apresentar mais detalhes da internacionalização do Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia, que deve ser concluída até 5 fevereiro. Segundo o superintendente do órgão, Antônio Erisvaldo Sales, a estatal já tem os pareceres de quatro órgãos federais e o terminal atende tudo que é previsto pelos órgãos de controle, como fisco, imigração, fauna e flora. “Tudo evoluiu bem e estamos na fase final de adequação da infraestrutura. Compramos equipamentos, câmeras, gravador de áudio e voz, raio-x, e tivemos que bloquear muitos acessos vulneráveis do aeroporto”, sublinhou.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Vanderlan grava vídeo, aumenta tom contra decisões de Caiado e pergunta: “Você ficou satisfeito com decreto do governo?”. Veja na sequência de posts

Publicado

em

Por

A pandemia do Coronavírus tem afetado, além da saúde física e mental -com isolamento social-, o bolso de milhares de famílias que estão impossibilitadas temporariamente de trabalhar.

A quarentena, segundo a organização mundial da Saúde (OMS), é a forma de ação mais concreta para evitar a disseminação e contágio do vírus e superlotar sistema de saúde.

Impulsionado pelo Presidente Jair Bolsonaro, que em rede nacional criticou governadores pelo fechamento do comércio, o debate ganhou as ruas e redes sociais.

Afinal, é preciso todo esse arrocho e isolamento social ou o comércio pode voltar em sistema de rodízio e com medidas de manutenção de distância entre clientes?

O Senador Vanderlan Cardoso (PSD) questionou o Decreto 2 de Ronaldo Caiado (DEM), gravou vídeo que foi divulgado nas redes sociais e acirrou a troca e exposição de ideias

Continue Lendo

Estado

Confira aqui a Cartilha Oficial do Governo de Goiás sobre o Abre e Fecha no estado. Fique por dentro

Publicado

em

Por

Divulgamos aqui a cartilha do governo de Goiás para que você saiba o que abre e o que não estará aberto em Goiás durante o período do decreto do governador Ronaldo Caiado que estendeu hoje (sexta 3) o isolamento social até dia 19 de abril.

Continue Lendo