Conecte-se conosco

Estado

Governo de Goiás investe R$ 1,2 mi em pesquisas contra a Covid-19

Projetos foram selecionados a partir de convocação publicada pela Fapeg, em parceria com Sedi e SES

Publicado

em

O Governo de Goiás, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa de Goiás (Fapeg), divulgou nesta quarta-feira (10/6) 13 selecionados na convocação de projetos de pesquisa e inovação que auxiliem no enfrentamento da pandemia do coronavírus. A iniciativa foi realizada em parceria com as secretarias estaduais de Saúde (SES) e de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), por meio da Subsecretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação.

No total, as pesquisas receberão investimentos de cerca de R$ 1,2 milhão. A convocação foi aberta entre os dias 6 e 19 de abril e contou com 72 projetos submetidos. As propostas foram apresentadas por meio de formulários disponibilizados no site da Fapeg e foram avaliadas por um comitê científico instituído pela Fundação. Entre os critérios de seleção considerados pelos avaliadores estiveram os aspectos de inovação, parcerias propostas, alcance da pesquisa e mérito científico.

Em um segundo momento, os projetos recomendados pelo comitê científico foram validados pela Secretaria Estadual da Saúde para que fossem selecionados aqueles que atendessem as necessidades de Goiás. Por fim, os projetos aprovados passaram por um processo de adequação orçamentária para ajustarem ao orçamento destinado à convocação.

A convocação teve como objetivo identificar projetos em todas as áreas do conhecimento que pudessem contribuir de forma relevante para reduzir os impactos da pandemia de Covid-19 e facilitar o direcionamento de esforços e de recursos para a tomada de ações estratégicas em Goiás.

A lista dos 13 trabalhos selecionados pode ser conferida no site da Fapeg: http://www.fapeg.go.gov.br/

Fundação de Amparo à Pesquisa de Goiás (Fapeg) – Governo de Goiás

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Protegido: GOYAZ 20/01/2022

Publicado

em

Por

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

Continue Lendo

Estado

Brasileiros descobrem molécula que pode combater o câncer

Publicado

em

Por

Viva a ciência brasileira! Pesquisadores da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) encontraram uma molécula inédita que pode contribuir no combate ao câncer.

Outra ótima notícia é que essa molécula é seletiva, ou seja, ela age mais sobre as células tumorais do que sobre as células saudáveis – diferentemente da quimioterapia, que apesar de eficaz, acaba impactando nas células saudáveis e causando efeitos colaterais.

A pesquisa pretende desenvolver tratamentos mais saudáveis para o nosso organismo e claro, a cura para a segunda maior causa de mortes do mundo.

Molécula tem capacidade de eliminar células do câncer

A descoberta faz parte do estudo realizado pelos pesquisadores do Programa de Pós Graduação em Genética e Bioquímica pela UFU.

A molécula inédita é de um complexo de cobre e apresenta seletividade e capacidade de morte celular.

Os testes foram realizados em laboratório, a partir de células tumorais de humanos e de camundongos. O complexo de cobre mostrou ser capaz de induzir a produção de um outro tipo de molécula, chamadas espécies reativas de oxigênio.

As reativas de oxigênio conseguiram atingir as células tumorais, danificando seu DNA. Os prejuízos foram tão severos que as células cancerosas entraram em um processo de morte celular programada, chamado tecnicamente de apoptose.

Nas próximas fases do estudo, os pesquisadores pretendem desenvolver mecanismos em que a molécula descoberta será colocada dentro de nanocápsulas, ou seja, que vire um medicamento.

Continue Lendo