Conecte-se conosco

Estado

José Eliton cancelou dotação orçamentária para modernização do Ministério Público de Goiás

Decreto orçamentário publicado no dia 28 de dezembro passado retirou R$ 6,3 milhões do órgão ministerial para pagar salários de inativos do Tribunal de Contas do Estado de Goiás.

Publicado

em

Um dos últimos atos de José Eliton (PSDB) como governador de Goiás foi a assinatura de um decreto orçamentário que abriu ao Fundo Financeiro do Regime Próprio de Previdência do Servidor (FFRPPS) créditos suplementares no valor de R$ 9,5 milhões. O decreto orçamentário nº 691 foi publicado no dia 28 de dezembro, último dia útil de 2018.

De acordo com o expediente do executivo, a suplementação orçamentária seria usada para pagar os inativos do Tribunal de Contas do Estado de Goiás e seria lançada no grupo de despesa denominado “Pessoal e Encargos Sociais”. Já a redução orçamentária, no valor de R$ 6,3 milhões, seria lançada à conta do Fundo de Modernização e Aprimoramento Funcional do Ministério Público de Goiás. Os outros R$ 3,2 milhões saíram da dotação orçamentária para pagamento da Bolsa Universitária.

Do valor reduzido do Ministério Público, R$ 4,3 milhões estavam reservados para investimentos no órgão. Para o promotor Fernando Krebs, titular da 57ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e candidato a uma das vagas na eleição da lista tríplice que será levada ao Governador para indicação do PGJ, o ato do ex-governador precisa ser melhor explicado para os integrantes do MP-GO e para a população em geral, uma vez que a Instituição necessita desses recursos para o aprimoramento das suas atividades.

“É preciso buscarmos respostas para o por quê dos recursos, que já estavam consignados no orçamento estadual e deveriam ter sido usados para aprimoramento do Ministério Público, no sentido de dar condições aos colegas de exercerem as suas atribuições constitucionais e também para a formação profissional dos servidores do órgão, terem sido suprimidos para que outro órgão da administração pudesse pagar seus inativos. A princípio, isso pode suscitar um quadro de submissão do Ministério Público em relação ao governo e que, a meu ver, prejudica a sua representatividade, privando a sociedade de receber os serviços públicos que são de atribuições do MP”, salienta.

O Jornal Goyaz entrou em contato com a assessoria de imprensa do Ministério Público de Goiás para ouvir do próprio órgão as consequências do corte no orçamento e quais os projetos que deixaram, ou deixarão, de ser implementados em virtude da retirada de recursos do seu orçamento, mas até o fechamento da matéria não obteve respostas.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Governo de Goiás recebe ambulância da CBF, destinada ao Hospital Regional de Luziânia

Benefício é concedido à população por meio do projeto Craques da Saúde, da Confederação Brasileira de Futebol. Ação destina veículos a unidades do país com maior taxa de atendimento e recuperação de pacientes da Covid-19. “Goiás terá que erguer um grande monumento a esses profissionais da saúde”, destaca governador durante ato na porta do Palácio das Esmeraldas

Publicado

em

Por

O governador Ronaldo Caiado recebeu, nesta quinta-feira (22/04), em frente ao Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, uma nova ambulância, que será encaminhada ao Hospital Regional de Luziânia. O veículo foi doado pela Federação Goiana de Futebol (FGF), em nome da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), por meio do projeto Craques da Saúde.

A ação da entidade máxima do futebol nacional é apoiada pela Fiat Automóveis e tem o objetivo de beneficiar Estados com a doação de 27 ambulâncias para hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS), de todo o país, que registraram o maior índice de pacientes atendidos e recuperados da Covid-19.

O carro foi totalmente equipado com itens de série específicos para o transporte adequado, rápido e seguro dos pacientes. A ambulância conta ainda com adaptações especiais para o uso como maca retrátil, suporte para cilindro de oxigênio, soro plasma e armário superior, teto e piso em ABS – que permite higienização ágil e simples -, entre outros.

Durante o evento, o governador destacou o empenho dos trabalhadores da linha de frente no combate à Covid-19. “Eles enfrentam, manipulam pacientes graves, estão em um ambiente que é disseminador do vírus”, afirma Caiado. “Isso é algo que mostra a paixão da profissão. Goiás terá que erguer um grande monumento a esses profissionais da saúde. Muitas vezes, a sociedade se rebela e não sabe o que eles passam dentro de uma sala de UTI”, relata.

A entrega simbólica da chave do carro, uma Fiat Fiorino, ao hospital ocorreu no dia 21 de janeiro de 2021, antes da partida entre Goiás e Ceará, válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A de 2020. De lá para cá, foram vencidas as etapas relacionadas à documentação e transferência e, agora, o veículo dará início aos atendimentos mais complexos de pessoas acometidas pela Covid-19 na região de Luziânia e do Entorno do Distrito Federal.

“A equipe de Luziânia, que teve um resultado inédito, também gere outras unidades nossas. É um hospital que foi estadualizado. Estava fechado, passou por reforma e hoje conta com 40 pacientes graves e enfermaria”, enaltece o secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino, sobre o trabalho na unidade.

Já o secretário de Estado de Esporte e Lazer, Henderson Rodrigues, parabenizou a equipe do hospital. “É importante a gente trazer um produto que vai ser transformado em bem social para o desenvolvimento da sociedade de Luziânia”, frisa. De acordo com o presidente da FGF, André Pitta, que representou a CBF, o futebol se mostra preocupado com a luta contra a Covid-19 e trabalha para manter a segurança das pessoas ligadas ao esporte, bem como de toda a sociedade. “Colocamos o futebol sempre à disposição tanto da Saúde quanto do governo do Estado”, ressalta ele.

Também estiveram presentes ao evento de entrega da ambulância o secretário-chefe geral da Governadoria, Adriano da Rocha Lima; o secretário-chefe da Casa Militar, coronel Luiz Carlos Alencar; o assessor especial da governadoria, Lívio Luciano; o diretor médico da unidade hospitalar, Getro de Oliveira Pádua, e a diretora de Relações Institucionais do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (Imed), Maria Caroline Lazarini Dias.

*Hospital Regional*

Luziânia conta com unidade de saúde que foi estadualizada em 2020 e, atualmente, funciona exclusivamente para atendimento de casos de Covid-19.

O Hospital Regional de Luziânia possui pronto-socorro 24 horas e estrutura completa para a realização de exames laboratoriais e de imagem, com aparelho moderno de tomografia. Além disso, disponibiliza 92 leitos, sendo 40 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 52 de enfermaria.

Fotos: Cristiano Borges, Junior Guimarães e Wesley Costa

Legenda:

Governador Ronaldo Caiado, ao lado do presidente da Federação Goiana de Futebol, André Pitta, dos secretários de Estado da Saúde e do Esporte e Lazer, Ismael Alexandrino e Henderson Rodrigues, recebe ambulância de projeto da CBF que será doada ao Hospital Regional de Luziânia

Continue Lendo

Estado

EXTRA | Caiado anuncia chegada de mais 107.400 doses nesta quinta-feira 22.

Publicado

em

Por

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, anunciou por meio de tuíte a chegada de mais 107.400 doses de vacinas contra a Covid, nesta quinta-feira 22 de Abril.

💉🙏 Mais vacinas contra a Covid-19 a caminho de nosso Estado. Hoje, 23h45, chegam 107.400 unidades (21.400 Butantan e 86.000 Fiocruz). Dessas, 86.055 para a primeira dose. E já vamos repassar aos municípios para que amanhã continuem a vacinar os goianos.

https://twitter.com/ronaldocaiado/status/1385235729840844800?s=21

Continue Lendo