Conecte-se conosco

Capital

Maguito ressalta que sua a experiência administrativa no executivo é preponderante para desenvolvimento de Goiânia

Publicado

em

Maguito Vilela (MDB), candidato à prefeito de Goiânia ressaltou sua experiência na gestão do executivo como fator importante para continuidade do clico de desenvolvimento da capital

Confira abaixo no perfil de Maguito na rede social Twitter

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital

Média de pesquisas eleitorais realizada em Goiânia mostra cenário incerto

Publicado

em

Por

Ao somar as 7 pesquisas eleitorais realizadas em Goiânia por 5 institutos de pesquisa diferentes, desde o início da campanha eleitoral, aponta o resultado da média, e indica, empate técnico numa disputa acirrada entre Vanderlan Cardoso (PSD) e Maguito Vilela (MDB) – com indicação de segundo turno. Adriana Accorsi (PT), em tendência de crescimento.

Os institutos Ibope, Serpes, Grupom, Sagres e Real Big Data, realizaram, somando todos, um total de 7 pesquisas eleitorais. A média das intenções de votos ficou assim:

Vanderlan Cardoso (24,7%)
Maguito Vilela (21,1%)
Adriana Accorsi (11,24%)
Indecisos (12,3%)

A média dos indecisos soma 12,3% das intenções de votos em Goiânia. É um índice que mostra a relevância destes eleitores em Goiânia e o candidato(a) que conseguir obter a maior parcela disponível dos votos dos indecisos pode chegar com maior força no primeiro turno. No caso de Vanderlan e Maguito, o que conseguir angariar mais votos desta parcela dos indecisos, pode chegar ao primeiro turno na primeira colocação.

Análise

A média dos resultados das 7 pesquisas eleitorais em Goiânia realizada por 5 institutos diferentes de pesquisa eleitoral, aponta um cenário incerto e que os candidatos ainda precisam considerar todas as formas de apoio, sem menosprezar espaços na agenda. Ao que tudo indica, será uma eleição disputada até o último voto. Em caso de segundo turno entre Vanderlan e Maguito, um hipotético apoio de Adriana Accorsi a um dos dois candidatos poderá ser de grande importância no resultado após a apuração final dos votos.

Continue Lendo

Capital

Ministério Público apresenta denúncia contra empresa de embalagens por fraude fiscal de R$ 10 milhões. Ação do Promotor Fernando Krebs

Publicado

em

Por

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) denunciou o empresário Wellington Medeiros Carneiro, administrador da Plastic Embalagens, que funciona no Jardim Atlântico, em Goiânia, por não ter recolhido o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) devido, por 11 vezes, entre outubro e dezembro de 2014 e janeiro a agosto de 2015, num total de R$ 10.269.522,99.

Conforme apurado pelo fisco estadual, Wellington Carneiro deixou de promover mensalmente a escrituração fiscal das operações de mercadorias realizadas em nome da empresa. As omissões e as fraudes à fiscalização foram descobertas em ação fiscal realizada pela Receita Estadual, na qual ficou constatado que o denunciado deixou de registrar as notas fiscais de saída nos livros exigidos por lei. Apurados os fatos, os valores de ICMS suprimidos foram lançados em auto de infração. O promotor de Justiça Fernando Krebs, autor da denúncia, esclarece que o crédito tributário encontra-se constituído e inscrito em dívida ativa.

A pena pelos crimes contra a ordem tributária praticados por particulares têm pena de detenção de seis meses a dois anos e multa. Os delitos praticados estão combinados com o artigo 8° da Lei 8.137/1990, que prevê que a pena de multa seja fixada entre 10 e 360 dias-multa, conforme seja necessário e suficiente para reprovação e prevenção do crime, com incidência da causa especial de aumento de pena prevista na norma, em seu artigo 12°. Além da condenação pela sonegação fiscal, foi requerida a reparação dos danos decorrentes dos crimes.

Continue Lendo
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com