Conecte-se conosco

Esportes

Mais de 50 homens são presos e 2 são baleados em briga entre torcedores do Goiás e Cruzeiro, em Minas Gerais

Feridos foram levados para hospital de Sete Lagoas, um deles em estado grave.

Publicado

em

Mais de 50 homens foram presos e dois foram baleados em uma briga generalizada em Sete Lagoas, na Região Central de Minas Gerais, como informou a Polícia Militar (PM) nesta segunda-feira (6).

De acordo com a corporação, a confusão entre torcedores do Cruzeiro e do Goiás foi registrada na noite deste domingo (5), depois do jogo em Belo Horizonte. A briga teria sido combinada por aplicativo de mensagens.

Os dois homens baleados foram levados para o hospital municipal, sendo um deles em estado grave. Eles são torcedores do Cruzeiro e foram atingidos na região do tórax. Segundo a polícia, um ônibus e pelo menos cinco vans que levavam torcedores do Goiás foram atacados por integrantes de uma torcida organizada do Cruzeiro, munidos de paus e pedras.

Para conter a confusão, a PM teve que usar balas de borracha e bombas de efeito moral.

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Globo ataca Flamengo e inicia guerra jurídica

Publicado

em

Por

A Globo entrou com um pedido de liminar na Justiça para impedir o Flamengo de transmitir ou autorizar a transmissão de jogos do Campeonato Carioca dos quais seja mandante. A ação faz parte da disputa entre o clube e a emissora sobre os direitos do Estadual. No processo, a Globo alega que a MP que altera os direitos de TV, editada pelo presidente Jair Bolsonaro, foi feita de forma “irresponsável” para beneficiar o clube carioca. Em articulação feita pelo Flamengo, o governo federal editou uma medida que dá ao mandante os direitos de transmissão sobre os jogos, em vez de aos dois clubes como era previsto pela Lei Pelé. Com isso isso, o clube pretende transmitir o jogo com o Boavista..

A ação pede que o Flamengo seja multado em R$ 2 milhões caso transmita a partida marcada para a próxima quarta-feira (1). A emissora, no entanto, alega ter contrato com os outros clubes do Estadual sob as regras originais da Lei Pelé. Portanto, diz que uma transmissão do Flamengo estaria ferindo seus direitos. O pedido de liminar foi feito na 10a Vara Cível, e foi noticiado anteriormente pelo “Jornal O Dia”.

Em sua argumentação, a Globo afirma que a Medida Provisória foi editada de forma “irresponsável” pela presidência da República. Alega que a medida é inconstitucional por ser um desvio de função legislativa para beneficiar o Flamengo.

“Como se passa a demonstrar, a Medida Provisória editada é assustadoramente inconstitucional. Custa a crer que tenha sido editada de forma tão irresponsável. Note-se bem: a discussão sobre a melhor forma de alocar os direitos de transmissão de um evento esportivo é legítima e precisa ser feita. O que não se pode admitir em ordenamentos jurídicos sérios é que isso se dê numa canetada para beneficiar aliados, sem qualquer debate sobre o tema. E muito menos que a nova legislação possa afetar contratos e atos jurídicos perfeitos anteriormente celebrados”, diz um trecho da ação da Globo..

Continue Lendo

Esportes

Após organizar evento com aglomeração, número 1 do mundo Novak Djokovic testa positivo para Coronavirus

Publicado

em

Por

Continue Lendo
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com