Conecte-se conosco

Agenda

Ministério da Saúde libera uso de vacinas da Janssen congeladas

Publicado

em

O Ministério da Saúde liberou o uso de vacinas da Janssen armazenadas de forma imprópria

Mais de 40 mil doses do imunizante contra a Covid-19 chegaram ao Distrito Federal no sábado (3)

As vacinas estavam “congeladas, abaixo da temperatura adequada”

O Ministério da Saúde liberou o uso das doses da vacina da Janssen que chegaram congeladas ao Distrito Federal. Segundo a pasta, os imunizantes contra o coronavírus podem ser aplicados na população de forma segura.

A quantidade representa 2,6% do total das 109,8 mil doses de vacinas da Janssen, Pfizer e AstraZeneca entregues entre sexta-feira (2) e sábado (3) ao Distrito Federal. O carregamento passou por vistoria e foi aprovado pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS), após a constatação de que a temperatura não influenciou a qualidade da vacina”, informou o Ministério da Saúde no Twitter.

De acordo com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal publicadas pelo portal G1, as 40,1 mil doses do imunizante que haviam chegado a Brasília estavam congeladas e, no momento, “indisponíveis para uso”.

Durante a conferência das doses na Rede de Frio Central, que armazena e distribui imunizantes em Brasília, foi observado que as vacinas “estavam congeladas, abaixo da temperatura adequada”, que é de 2°C.

Segundo a empresa de aviação Latam, as doses chegaram a Brasília às 8h41 deste sábado. Elas vieram do Aeroporto Internacional de Cumbica, localizado em Guarulhos (SP).

O Distrito Federal atingiu a marca de 1.005.782 pessoas vacinadas contra a Covid-19, o equivalente a 32,46% da população.

Na sexta-feira, foram aplicadas 17.019 doses, sendo 13.942 de primeira dose, 2.960 de segunda dose e 117 dose única, com a vacina da Janssen.

Ao todo, 344.171 pessoas tomaram as duas doses da vacina contra Covid-19 na capital e 15.881 se imunizaram com a dose única.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agenda

HOJE | Vênus e Júpiter podem ser vistos próximos em fenômeno raro

Publicado

em

Por

Vênus e Júpiter estarão mais próximos para quem observa da terra nesta quinta-feira, 11 num fenômeno raro conhecido como conjunção.

A conjunção é um fenômeno visual, segundo o professor e astrônomo amador, Maico Zorzan, membro do Clube de Astronomia Edmond Halley (Caeh).

“Quer dizer que, do ponto de vista do observador, que está na Terra, os astros parecerão estar mais próximos, mas na verdade não estão.

O que existe é um alinhamento, ou seja, estão na mesma direção, mas cada um está na sua órbita”, destacou em entrevista ao GMC Online.

O fenômeno raro se estende até a manhã de sexta-feira, 12 e graças à lua nova será visto com maior nitidez.

As conjunções poderão ser vistas no período da noite, mas o melhor horário para observar é de madrugada, próximo ao amanhecer.

Como identificar essa conjunção rara?

De acordo com o Farmer’s Almanac , o período de observação ideal é cerca de 30 minutos antes do nascer do sol em direção ao sudeste.

Nesse ponto, os planetas deveriam ter subido o suficiente acima do horizonte para serem vistos.

O sol ainda não começou a iluminar o céu, e você pode avistar Júpiter e Saturno brilhando muito próximos – apenas 0,4 graus de diferença.

Conjunções em fevereiro

No total, são 10 conjunções de planetas em fevereiro.

Vênus e saturno foram vistos próximo no último dia 06 de fevereiro, Mercúrio e a Lua, no dia 08 e a Lua com Vênus, Júpiter e Saturno nesta semana.

Veja o calendário as próximas conjunções:

13/02/2021 – Conjunção entre a Lua e Netuno/Vênus e Mercúrio;

15/02/2021 – Conjunção entre Júpiter e Mercúrio;

17/02/2021 – Conjunção entre a Lua e Urano;

18/02/2021 – Conjunção entre a Lua e Marte;

22/02/2021 – Conjunção entre a Lua e Mebsuta, estrela da constelação de Gêmeos;

23/02/2021 – Conjunção entre Saturno e Mercúrio.

Continue Lendo

Agenda

Sertanejo se rende aos procedimentos estéticos

Publicado

em

Por

O cantor Mariano, da dupla com Munhuz, é um dos sertanejos que se rendeu aos procedimentos estéticos. Adepto ao botox há quatro anos, Mariano foi atendido pela Dra. Sarah Maricato, cirurgiã dentista, recentemente em São Paulo. Pelas redes sociais, o cantor, que participou da última edição do programa A Fazenda 12, da Record TV, revelou detalhes do procedimento. “Quem disse que homem não se cuida? Eu faço botox de prevenção desde os 30 e hoje foi dia de conhecer os cuidados da Sarah Maricato, que é especialista em harmonização facial! Agora eu já tenho alguém pra cuidar da lataria aqui em São Paulo”, disse o artista.

Sobre Sarah Maricato:

Formada na Universidade Federal de Alagoas (UFAL), com especialização na Universidade de São Paulo (USP), além de cursos e treinamentos em Miami, a cirurgiã dentista Sarah Maricato atua na área desde 2015. Com atendimentos em São Paulo e Maceió, Sarah Maricato realiza procedimentos minimamente invasivos ou até mesmo micro cirúrgicos nas regiões de face e pescoço. Entre os mais procurados estão: emagrecimento facial, bichectomia, lipoaspiração de papada, fios faciais, preenchimentos faciais, rinomodelação, botox e rejuvenescimento facial com terapias indutoras de colágeno. O atendimento prestado, com conforto, planejamento e segurança, consolidou Sarah como uma referência no mercado. Atualmente, atende celebridades, como o cantor Mariano e sua namorada, Jakelyne Oliveira, que foi eleita Miss Brasil 2013.

Continue Lendo