Conecte-se conosco

Capital

O fator Caiado na eleição municipal em Goiânia

Publicado

em

O presidente estadual do PSD, Vilmar Rocha, declarou nesta segunda-feira (14) em entrevista à Rádio Sagres, que a aliança do PSD com o DEM “está bem encaminhada”. De acordo com o presidente do PSD, o próprio governador Ronaldo Caiado é que teria tomado a iniciativa de procurar o partido para compor uma aliança em apoio à Vanderlan Cardoso. “Realmente nós queremos ampliar as alianças, está bem encaminhado no sentido da aliança ser PSD e DEM”, disse. “Está 90% nessa direção, faltam 10%”.

O anúncio de que o DEM do governador Caiado poderá apoiar o senador Vanderlan Cardoso permitindo aos democratas indicar uma vice na chapa com PSD deverá alterar de forma considerável o pleito em Goiânia. A aprovação do governador em Goiânia é alta. Em dezembro de 2019, conforme pesquisa publicada pelo GOYAZ, registrada no TRE, era de 62,2% – índice considerado expressivo e com capacidade de atrair votos destes que enxergam no governador um político com boa atuação.

Caso essa aliança seja confirmada, e Caiado entre na campanha eleitoral, Vanderlan obtém um apoio de peso que já poderá refletir nas próximas pesquisas para intenção de votos em Goiânia. A condição do peessedebista surgir na liderança não pode ser descartada.

Soma-se ao fato de que Vanderlan obteve 42,3% dos votos válidos no segundo turno contra 57,7% de Iris Rezende (MDB) na eleição de 2016 à prefeitura de Goiânia.  Vanderlan começou, inclusive, a liderar na apuração inicial dos votos. Contudo, na contagem final, o emedebista venceu por uma diferença de 101.244 votos.  Vanderlan obteve 125.830 votos, enquanto Iris chegou a 277.074 votos. A disputa foi acirrada e a diferença entre ambos foi considerável pequena.

Com Iris fora do páreo, e segundo o que foi apurado até o momento, com o líder do MDB anunciando que estará fora da campanha eleitoral, a situação de Maguito Vilela sofre desvantagem – o que pode favorecer Vanderlan.

O recall – isto é,  a capacidade de um determinado candidato em manter os votos do mesmos eleitores na eleição passada – de Vanderlan em Goiânia é um elemento que também poderá surgir como fator de caráter prático nas urnas com efeitos que poderão ser decisivos na disputa ao Paço Municipal.

VICE DO PSD

Caso os democratas optem por apoiar Vanderlan, caberá ao partido indicar um vice para a chapa PSD/DEM em Goiânia. Neste cenário, três nomes estão sobre a mesa, e despontam como opções conforme apurou o GOYAZ. O deputado Zacharias Calil, Welligton Peixoto e Silvio Fernandes, presidente da Codego (Companhia e Desenvolvimento Econômico de Goiás).

Dentre estes, dois são médicos e diretamente ligados ao setor de Saúde, e o advogado e economista Wellington Peixoto é o que detém maior ligação com as bases populares, eleito duas vezes vereador por Goiânia e com isso, em tese, com capacidade de obtenção de votos em regiões, como a noroeste da capital, consideráveis decisivas no fechar das urnas.

Segundo apurou o GOYAZ, caso seja confirmado o apoio do DEM ao PSD em Goiânia, caberá ao governador Caiado escolher o nome que ocupará a vice de Vanderlan. A convenção do DEM está marcada para próxima quarta-feira (16) ás 18h no diretório do partido no Setor Sul. A convenção do PSD também está marcada para o mesmo dia e horário dos democratas.

É de se esperar que essa decisão, sobre o apoio do DEM ao PSD, seja finalizada dentro das próximas 24 horas, para que ambos partidos já tenham aliado os nomes para formalização oficial da chapa em suas respectivas convenções.

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital

Conselho Político de Vanderlan e Wilder realiza primeira reunião

Nomes tradicionais da política goiana integram o grupo, que vai definir ações políticas

Publicado

em

Por

O candidato à prefeitura de Goiânia pelo PSD, senador Vanderlan Cardoso, se reuniu com seu conselho político, na tarde desta segunda-feira (21), para acertar os detalhes da campanha eleitoral desse ano. Além do presidente do partido, Vilmar Rocha, do deputado federal Francisco Jr e do ex-deputado Simeyzon, o conselho conta com a participação do deputado federal Zacharias Callil (DEM), deputado estadual Rafael Gouveia (PP) e representantes de todas as legendas que compõem a coligação.

O senador Vanderlan destacou a importância do conselho para a disputa. “Montamos um conselho com grandes nomes da política goiana, que têm bagagem técnica e conhecimento político para nos auxiliar. Dentro do conselho temos três pré-candidatos a prefeito, temos ex-candidatos, deputados federais, estaduais, vereadores, e lideranças de vários setores. Temos certeza de que temos o melhor time e os melhores projetos. Vamos trabalhar para ganhar a eleição, chegar na prefeitura e promover um novo momento para Goiânia”, comentou Vanderlan.

O deputado Federal Francisco Júnior, coordenador do Plano de Governo, destacou a importância do grupo para definir as próximas ações da campanha. “Foi a primeira reunião do conselho político, com a presença de todos os presidentes dos partidos coligados para fazermos os ajustes necessários, visando as primeiras ações e distribuir as funções. Enfim, uma reunião administrativa, muito proveitosa, onde começamos a afinar os instrumentos.

Francisco lembrou da importância da participação de cada membro da equipe, destacando a presença do deputado Zacharias Callil, que também era pré-candidato a prefeito e agora compõe o conselho que trabalha pela eleição do senador Vanderlan. “A reunião do conselho político também contou com a presença do deputado-federal Zacharias Callil. Ele esteve presente à reunião e deu importantes contribuições à campanha de Vanderlan. Estamos com um grupo de sete partidos, com milhares e milhares de pessoas de bem com interesse de trabalhar muito por Goiânia”, explicou.

Continue Lendo

Capital

Maguito Vilela visita Iris no Paço e reafirma consolidação de legado do prefeito em Goiânia

Publicado

em

Por

O candidato à prefeitura de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), esteve na manhã desta segunda-feira (21) ao lado de Iris Rezende e comitiva. A visita teve carácter político e de apresentação de propostas para o futuro da capital. Acompanharam Maguito neste encontro, o candidato a vice Rogério Cruz, presidente da Câmara, Romário Policarpo, presidente do MDB em Goiás Daniel Vilela, o prefeito Gustavo Mendanha e os presidentes dos partidos da Coligação Pra Goiânia Seguir em Frente.

Maguito ressaltou a lealdade de Iris como o MDB, partido que o prefeito sempre labutou com ideais e dedicação. “São 40 anos de uma relação de amizade que transcende a política. Uma convivência que muito me gratifica e que me formou como gestor público. Por isto, início a minha série de visitas institucionais ouvindo o prefeito de Goiânia, Iris Rezende” disse Maguito.

Ainda mantendo um discurso coerente com as propostas para Goiânia, e por pertencer ao mesmo partido de Iris, o candidato Maguito Vilela fez questão de frisar sua próxima relação com o prefeito. “A ousadia de Iris está no DNA do MDB em Goiás e, ao lado dos quadros altamente qualificados, vamos defender e dar sequência a este projeto político e administrativo vitorioso”. disse o candidato.

Segundo fontes ouvidas pelo GOYAZ, a visita foi produtiva e Iris teria concordado em dar apoio à candidatura de Maguito e inclusive, com a possibilidade de gravar pílulas ao MDB e à todos candidatos a vereadores que farão parte da coligação Pra Goiânia Seguir em Frente.

A participação de Iris, conforme explicou a fonte, é preponderante para que Maguito passe ao eleitorado a imagem de que ele é o representante do MDB e, por consequência, o que detém o aval do prefeito que vem realizando uma gestão “impecável e histórica” na capital.

Continue Lendo
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com