Conecte-se conosco

Capital

Obras de drenagem na Avenida Goiás colocam fim aos alagamentos no centro de Goiânia

Toda tubulação de captação de águas pluviais, no perímetro da avenida Goiás até o córrego Capim Puba, no Setor Note Ferroviário, numa extensão de 2,6 km, está sendo substituída por manilhas de 1,5m de diâmetro. Pontos alagadiços, como Goiás com Avenida Anhanguera, Paranaíba e Avenida Independência, desaparecerão com as intervenções da Prefeitura de Goiânia

Publicado

em

A execução das obras de drenagem na Avenida Goiás, no Centro de Goiânia, vai colocar fim a um problema que aflige a população goianiense nos períodos chuvosos. O pontos de alagamentos, observados ao longo da principal avenida de Goiânia, vão desparecer com a troca da tubulação de captação das águas pluviais ao longo de toda avenida Goiás. Será trocada toda tubulação responsável pelo escoamento da água da chuva no trecho entre a Praça Cívica e o córrego Capim Puba, no Setor Norte Ferroviário, numa extensão de 2,6 km.

A requalificação da tubulação, que agora será constituída de tubos de 1,5m de diâmetro, vai solucionar os problemas de enchentes e alagamentos nas adjacências da Avenida, região da Rua 44, Avenida Independência, Praça do Trabalhador, Praça do Bandeirante e Praça Cívica. A via também será requalificada e preparada para a operação do BRT.

Os serviços serão feitos em três etapas até chegar à Praça Cívica. Na primeira, as obras serão executadas entre a Avenida Independência e a Avenida Paranaíba; na segunda, da Avenida Paranaíba à Avenida Anhanguera; e na terceira, da Avenida Anhanguera até a Praça Cívica. Concluídas as três etapas, as obras serão realizadas na outra pista, informa a Prefeitura de Goiânia.

As intervenções na Avenida Goiás fazem parte do extenso catálogo de obras lançado pelo prefeito Iris Rezende e que devem alcançar cerca de R$ 1 bilhão até o final de 2020. Além desta, serão construídos mais dois viadutos na Capital, melhorando sensivelmente a mobilidade e trafegabilidade em pontos críticos da cidade. Serão entregues, ainda este ano, a Maternidade Oeste, no conjunto Vera Cruz e a UPA do Jardim América. A trincheira da Avenida 90 com Avenida 136 também deve ser entregue até novembro deste ano. Serão trocados 630 km do asfalto de ruas e avenidas de 107 bairros de Goiânia, obras que devem começar nos próximos dias.

 

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital

Gestão Iris: veja agora fotos do andamento da ponte da Leste-Oeste sobre Marginal Botafogo

Nesse sábado (6/6) será executada a concretagem de uma das lajes da ponte. O trânsito na Marginal Botafogo ficará interditado durante todo o dia nos dois sentidos da pista. O secretário Dolzonan Mattos estará no local, às 8h, para atender a imprensa sobre o andamento da obra. Em frente à Estação da Moda (entrada pela Avenida Contorno).

Publicado

em

Por

Iniciadas no dia 20 de janeiro, as obras de construção da ponte da Avenida Leste-Oeste sobre a Marginal Botafogo avançam para um estágio importante nesse sábado (6/6), com a concretagem de uma das lajes da ponte. Durante os serviços, que serão executados entre 6h e 18h, o tráfego de veículos na Marginal será bloqueado nos dois sentidos da pista.

De acordo com o projeto, as pistas da Avenida Leste-Oeste sobre a Marginal formam dois elementos em concreto armado, estruturalmente justapostos, com 13 m de largura e 53 m de comprimento. No sábado será concretada a laje inferior de um dos viadutos que consumirá 140 m3 de concreto. Após 30 dias, será concretada a outra laje.

A obra de arte possui ainda duas faixas de segurança de 1,50 m, duas faixas de rodagem de 3,50 m, uma faixa de pedestres de 2,0 m, duas barreiras guarda-rodas de 0,40 m e uma barreira guarda corpo de 0,20 m rígidos, de concreto armado, que totalizam uma largura constante de 13,0 m. Comprimento de 53 m.

Trânsito

Para o serviço, o trânsito na Marginal Botafogo será bloqueado nos dois sentidos do fluxo, no cruzamento da Rua 67-A, sendo: no sentido Norte-Sul, na alça de acesso da confluência com a Rua 44; e no sentido Sul-Norte, na alça de acesso da confluência com a Avenida Independência.

Avenida Leste-Oeste

Tramo Leste

Valor: R$ 32.827.407,49 (valor contratual)

Início da obra: 15 de julho de 2019

Previsão de conclusão: Final de 2020

Estágio da obra: Bueiros do Córrego Palmito e do Córrego da Onça estão concluídos. Entre a Av. Rasmussen e a Rua L-8, no Bairro Feliz (chácara Jaime Câmara), a rede de drenagem e o muro de arrimo foram concluídos e está iniciando a pavimentação. Iniciando a pavimentação também do trecho entre o bueiro do Córrego da Onça e a Rua 402, na Vila Viana. Os muros de arrimo na Praça do Trabalhador, entre a Rua 44 e a Rua 68, e entre as ruas L 13 e L 10, no Bairro Feliz, foram concluídos. Rede de águas pluviais entre a Praça do Trabalhador com lançamento no Córrego Botafogo concluídas.

E executada a terraplanagem entre a 44 e a Marginal Botafogo e em execução entre a Avenida Perdiz e Avenida Manchester, no Setor Parque Industruial.

Tramo Oeste

Valor: R$ 5,5 milhões (recursos próprios)

Início da obra: final de fevereiro/2020

Previsão de conclusão: 180 dias

Estágio da obra: em execução a rede de drenagem e pavimentação do primeiro trecho

Nara Serra, da editoria de Infraestrutura

Continue Lendo

Capital

Gestão Iris inicia, na segunda (08), reconstrução asfáltica do Setor Bueno. Confira cronograma com ruas e avenidas

Serviços começam na segunda-feira (8/6) e não haverá mudanças no trânsito, mas a Prefeitura alerta aos motoristas para não deixarem os carros estacionados nas vias nos dias de operação

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Goiânia inicia na segunda-feira (8/6) a reconstrução asfáltica em sete ruas do Setor Bueno. Até o sábado (13/6), os serviços serão executados durante o dia, entre 7h e 18h. Para a execução dos trabalhos, não haverá alteração no trânsito, mas a administração alerta para que motoristas não deixem os carros parados nas vias que serão beneficiadas nos dias de operação. Em Campinas, os serviços continuarão à noite, entre 20h e 5h, nas mesmas vias onde já estão sendo realizados.

Na região do Bueno, os serviços serão executados conforme a programação:

dia 8 – Rua T-51, entre a Rua T-28 e Rua T-30 e entre Rua T-30 e Avenida T-3

dias 8, 9 e 10 – Rua T-53, entre Av. T-3 e Av. 85

dias 9 e 10 – Rua T-50, entre Av. T-1 e Av. T-3

dias 10 e 11 – Rua T-49, entre Rua T-28 e Av. T-3; e Rua T-48, entre Av. T-1 e Av. T-3

dias 11, 12 e 13 – Rua T-36, entre Av. T-63 e Av. T-11

dias 12 e 13 – Rua T-37, entre Av. T-63 e Av. T-11

“De acordo com o nosso cronograma, o tempo de execução em cada rua é de no máximo três dias e pedimos aos moradores que não deixem os carros nessas ruas, durante os dias de operação, para não atrasar os serviços”, alerta o secretário da Seinfra, Dolzonan da Cunha Mattos.

Após trinta e oito dias do início dos serviços, vários trechos já foram concluídos, como as Avenidas Mutirão e Castelo Branco e a Rua T-52 (Setor Bueno) e a Av. Minas Gerais (Campinas). Está em fase de conclusão a Av. Alvicto Ozório Nogueira (Jardim Guanabara III).

Os serviços estão em andamento na Avenida Castelo Branco (Setor Rodoviário) e nas avenidas Mato Grosso, Alberto Miguel e Perimetral e Ruas Pouso Alto, Santa Luzia, Quintino Bocaiúva, José Hermano e Senador Jaime (Campinas) e Av. Nazareth e Rua Iguaçu (Jd. Guanabara).

Nara Serra, da editoria de Infraestrutura

Continue Lendo