Conecte-se conosco

Estado

OPERAÇÃO SOFISMA | Caiado ataca Marconi, cita processos judiciais do tucano e o acusa de perseguir parte da imprensa oposicionista

Publicado

em

Em meio a troca de farpas entre o ex-governador Marconi Perilo e o governador Ronaldo Caiado, a Operação SOFISMA, trouxe à luz uma investigação da polícia que aponta suposta irregularidades e indícios de desvios de recursos públicos para blogueiros.
A ação investiga fraudes e superfaturamento em contratos assinados a partir de 2015 e 2017 entre Agência de Comunicação (Agecom, atual ABC) e Detran-GO, com agências de publicidade e com sites e blogs.

O Secretário de Segurança Pública, Rodinei Miranda, emitiu nota oficial para rebater críticas de Marconi Perilo e expor o posicionamento da gestão Caiado

*Nota Resposta – Operação Sofisma*

Causa estranheza o nível de preocupação do ex-governador Marconi Perillo, por meio de sua assessoria especial, com as operações policiais que estão ocorrendo no Estado de Goiás. Isso demonstra que o fato das polícias terem total autonomia para investigar a roubalheira disseminada incomoda Marconi, que tem 32 processos por improbidade administrativa e 4 criminais nas costas. Por que esse grau todo de preocupação do ex-governador? Esses esquemas investigados tinham alguma orientação superior?

Parece que o título de bacharel em direito conquistado por Marconi, não proporcionou a ele o mínimo de conhecimento jurídico. Ele deveria saber que uma operação da polícia não se faz pela vontade de A ou de B, mas sim com provas e documentos que são levantados e analisados pelo Poder Judiciário. E daí são dadas as autorizações para cumprimento de mandados, apreensões, ouvir suspeitos e efetuar prisões.

É verdade que Marconi se notabilizou por interferir nas ações das polícias e não deixava que elas cumprissem o seu papel. Perseguia quem pensava diferente dele. Mas esse tempo acabou. As polícias têm autonomia. A Justiça cumpre o seu papel, autorizando ou não as ações. Instituições democráticas não existem pra servir a governantes, mas sim a população de Goiás. Mas Marconi, que se achava dono das instituições, revela-se um autêntico Rábula do Cerrado.

Por fim, causa estranheza maior ainda o fato de o ex-governador ter posto em cheque a credibilidade de todos os veículos de imprensa, tentando colocar em um só balaio o jornalismo sério do Estado de Goiás, e os sites e blogs ora investigados por superfaturamento de contratos de publicidade em suas gestões. Típico de alguém que se tornou um notório perseguidor de jornalistas. Este é o conceito que tem da imprensa goiana, ex-governador? Então, o guarde para si.

*Rodney Miranda – Secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás*

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Vanderlan grava vídeo, aumenta tom contra decisões de Caiado e pergunta: “Você ficou satisfeito com decreto do governo?”. Veja na sequência de posts

Publicado

em

Por

A pandemia do Coronavírus tem afetado, além da saúde física e mental -com isolamento social-, o bolso de milhares de famílias que estão impossibilitadas temporariamente de trabalhar.

A quarentena, segundo a organização mundial da Saúde (OMS), é a forma de ação mais concreta para evitar a disseminação e contágio do vírus e superlotar sistema de saúde.

Impulsionado pelo Presidente Jair Bolsonaro, que em rede nacional criticou governadores pelo fechamento do comércio, o debate ganhou as ruas e redes sociais.

Afinal, é preciso todo esse arrocho e isolamento social ou o comércio pode voltar em sistema de rodízio e com medidas de manutenção de distância entre clientes?

O Senador Vanderlan Cardoso (PSD) questionou o Decreto 2 de Ronaldo Caiado (DEM), gravou vídeo que foi divulgado nas redes sociais e acirrou a troca e exposição de ideias

Continue Lendo

Estado

Confira aqui a Cartilha Oficial do Governo de Goiás sobre o Abre e Fecha no estado. Fique por dentro

Publicado

em

Por

Divulgamos aqui a cartilha do governo de Goiás para que você saiba o que abre e o que não estará aberto em Goiás durante o período do decreto do governador Ronaldo Caiado que estendeu hoje (sexta 3) o isolamento social até dia 19 de abril.

Continue Lendo