Conecte-se conosco

Estado

Orquestra Sinfônica de Goiânia apresenta Concerto do Advento

Publicado

em

A Orquestra Sinfônica de Goiânia e o Coro Sinfônico de Goiânia apresentará, nesta sexta-feira (3/12), o “Concerto do Advento”, que integra o projeto “Música nas Igrejas”, promovido pela Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult). O concerto será às 20h30, no Santuário Sagrada Família, na Vila Canaã, e também terá transmissão ao vivo pelo canal da OSGO no Youtube: www.youtube.com/orquestrasinfonicadegoiania     

O “Concerto do Advento” levará ao público obras consagradas do repertório, ilustrando musicalmente esse período extremamente significativo para os cristãos, a espera pelo Natal. “No calendário religioso, o Advento corresponde às quatro semanas que antecedem o Natal, nas quais os cristãos vivem momentos de preparação, alegria e expectativa, onde os fiéis, esperando o nascimento de Jesus Cristo, vivem o arrependimento e promovem a fraternidade e a paz”, explica o maestro Eliseu Ferreira.

A regência será do maestro convidado Ângelo Dias, professor da EMAC-UFG, com extenso histórico de serviços prestados à música coral em Goiânia, tendo inclusive atuado como regente titular do Coro Sinfônico de Goiânia por um longo período. Como solistas na Missa da Coroação, Patrícia Mello (soprano), Priscila Coelho (mezzo-soprano), Alexandre Vaz (tenor) e  Jadson Álvares (barítono).

Na primeira parte do programa, o Coro Sinfônico de Goiânia executará obras sacras à capella de compositores como Ernst Mahle, Britten, Mendelssohn e Tom K. Na segunda parte, feita com a Orquestra Sinfônica de Goiânia, será executada a “Missa da Coroação” , do compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791), uma das obras corais mais significativas do século XVIII.

O concerto será realizado com acesso limitado do público condicionado aos protocolos sanitários vigentes, além das orientações próprias adotadas pela igreja. Não é preciso reservar ingressos antecipadamente. Basta chegar um pouco antes do início do concerto.  

Os artistas e equipe são testados quinzenalmente para a Covid-19, seguem os protocolos sanitários locais e aqueles recomendados pelo Fórum Brasileiro de Ópera, Dança e Música de Concerto (da qual a OSGO é signatária), com o objetivo de garantir a segurança dos mesmos e do público.

Serviço

Assunto: Orquestra Sinfônica de Goiânia apresenta Concerto do Advento

Local: Santuário Sagrada Família – Rua C-14, nº 155, Vila Canaã, Goiânia-GO

Data: 3 de dezembro

Hora: 20h30

Lívia Máximo, editoria de Cultura

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Protegido: GOYAZ 20/01/2022

Publicado

em

Por

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

Continue Lendo

Estado

Brasileiros descobrem molécula que pode combater o câncer

Publicado

em

Por

Viva a ciência brasileira! Pesquisadores da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) encontraram uma molécula inédita que pode contribuir no combate ao câncer.

Outra ótima notícia é que essa molécula é seletiva, ou seja, ela age mais sobre as células tumorais do que sobre as células saudáveis – diferentemente da quimioterapia, que apesar de eficaz, acaba impactando nas células saudáveis e causando efeitos colaterais.

A pesquisa pretende desenvolver tratamentos mais saudáveis para o nosso organismo e claro, a cura para a segunda maior causa de mortes do mundo.

Molécula tem capacidade de eliminar células do câncer

A descoberta faz parte do estudo realizado pelos pesquisadores do Programa de Pós Graduação em Genética e Bioquímica pela UFU.

A molécula inédita é de um complexo de cobre e apresenta seletividade e capacidade de morte celular.

Os testes foram realizados em laboratório, a partir de células tumorais de humanos e de camundongos. O complexo de cobre mostrou ser capaz de induzir a produção de um outro tipo de molécula, chamadas espécies reativas de oxigênio.

As reativas de oxigênio conseguiram atingir as células tumorais, danificando seu DNA. Os prejuízos foram tão severos que as células cancerosas entraram em um processo de morte celular programada, chamado tecnicamente de apoptose.

Nas próximas fases do estudo, os pesquisadores pretendem desenvolver mecanismos em que a molécula descoberta será colocada dentro de nanocápsulas, ou seja, que vire um medicamento.

Continue Lendo