Conecte-se conosco

Brasil

VÍDEO | Senador Vanderlan Cardoso garante R$ 700 milhões para Goiás por meio do Pacto Federativo

Publicado

em

O Senador Vanderlan Cardoso (PP) gravou vídeo, divulgado em seu Twitter, comemorando a aprovação do Pacto Federativo que vai distribuir R$ 21 bilhões em recursos do Pré-Sal.

“Tivemos hoje um grande avanço em nosso tão sonhado Pacto Federativo. Aprovamos a PEC 98/2019 que permitirá a distribuição de R$ 21 bilhões para Estados e Municípios, dos recursos do leilão do pré-sal. O meu Estado de Goiás irá receber quase R$ 700 milhões” disse senador goiano

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

“Estou de volta” diz Lula, que qualifica Bolsonaro de miliciano e tece duras críticas contra Sérgio Moro

Lula se refere a Bolsonaro como miliciano, pede perícia no caso Marielle e diz estar de volta para lutar

Publicado

em

Por

Ao se reunir neste sábado 8 no Sindicato dos Metalúrgicos em São Paulo, o ex presidente Luis Inácio Lula da Silva (74), teceu duras críticas a atual política econômica, contra o Ministro Sérgio Moro e qualificou o presidente Jair Bolsonaro de miliciano.

Lula pediu ainda perícia no Caso Mariele e questionou a família Bolsonaro por possuir mais se 19 imóveis.

“Como essa gente consegue juntar tanto dinheiro? Durante a época em que eu fui presidente, o Bolsnaro, realizou apenas 8 discursos, e nenhum deles contra mim, mas sim contra a classe LGBT, as mulheres e pessoas menos favorecidas da sociedade” bravou

“Eu estou de volta” disse Lula sob aplausos de militantes.

No final do discurso Lula pediu união da esquerda e engajamento popular

“A esquerda vai vencer a ultra direita que nos tanto queremos derrotar” finalizou

Lula ainda é condenado pela justiça e está impedido de ser candidato pela lei da ficha limpa.

Foto: arquivo internet

Continue Lendo

Brasil

OAB quer investigação sobre espionagem da Lava Jato em conversas de Lula com advogados

Publicado

em

Por

O presidente da OAB, Felipe Santa Cruz entrará com um pedido para que o CNMP investigue procuradores da Operação Lava Jato por terem grampeado conversas de advogados com Lula, usando o conteúdo delas para traçar a sua própria estratégia de atuação processual contra o ex-presidente, informa a jornalista Mônica Bergamo.

A Folha de S.Paulo e o The Intercept Brasil revelaram que conversas de Lula com o advogado Roberto Teixeira foram grampeadas em 2016.

Deltan Dallagnol e outros procuradores debateram o assunto intensamente e enviaram o conteúdo das conversas ao então juiz Sergio Moro.

“O grampo ilegal, que violava o sigilo entre advogado e cliente, foi utilizado para planejar as estratégias jurídicas da Lava Jato”, diz o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz.

Continue Lendo